DESTAQUES

Cabelos grisalhos não existem

Sonia Corazza 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Hena ajuda na manutenção das propriedades de maciez, brilho e textura

por Sonia Corazza

A importância da cor no mundo dos cosméticos transcende a área de maquiagem e invade todos os campos da neurocosmetologia, portanto nestes tempos de explorar ao máximo a sensorialidade, vamos conversar sobre o tema.

Povos, culturas e cores

Desenhar, pintar, colorir são formas de expressão, de comunicação que é natural do ser humano. Com o tempo, o homem percebeu que podia extrair os pigmentos da natureza e utilizá-los em forma de tinta misturando com resina das árvores, com a clara e a gema de ovos e diferentes tipos de óleo para conservar, transportar e fixar as cores.

Os homens primitivos descobriam as cores pela experiência. Encontramos seus registros nas paredes das cavernas. Essas pinturas rupestres (pinturas nas rochas) eram feitas com os mais variados tipos de pigmentos naturais: plantas, terra, carvão, e até o sangue dos animais que caçavam.

Os índios brasileiros usam semente de urucum para colorir o corpo, cabelos e outros artefatos de vermelho. Do fruto do jenipapo, extraem o azul, também usam carvão e terra para pintar de preto, branco e amarelo.

O uso de tintura de hena, ainda muito difundido hoje, já estava na moda no antigo Egito, como comprovou a análise dos cabelos da múmia de Ramses ll.

Uma boa escolha: henna!

O cabelo grisalho não existe. O cabelo cresce pigmentado ou branco; a aparência grisalha de uma cabeleira é uma ilusão de ótica ligada à mistura de cabelos de cor e de cabelos brancos.

É lógico que os cabelos parecem cada vez mais grisalhos à medida que o percentual de cabelos brancos aumenta. Mas já que o cabelo cresce pela raiz, pode ser colorido enquanto sua base visível é branca.

Se você não quer se submeter às colorações químicas, a hena é uma boa escolha. Procure por um produto 100% natural. É fácil saber, basta ler a bula do produto e se aparecerem os nomes a seguir, pode estar certa de que não se trata de uma fórmula natural: água oxigenada, amônia, metais pesados como chumbo e arsênio, parabenos, PPD ou Resorcinol .

A hena natural é incolor. Para conseguir tons diferentes existem associações da hena com corantes naturais originários de plantas.

Modo de usar:

1. Lave os cabelos somente com shampoo, não use condicionador.
2. Enxágue e retire o excesso de umidade com uma toalha. Coloque luvas descartáveis.
3. Ainda com o cabelo úmido, divida-o em mechas e aplique a Henna, da raiz às pontas para cobertura total dos fios.
4. Durante a aplicação, não use pente, pois desta forma irá retirar o produto dos cabelos.
5. Cobrir com a touca plástica e deixar agir conforme o tempo indicado pelo fabricante.
6. Enxaguar com água em abundância até retirar todo o produto.
7. Aplique o condicionador de acordo com o seu tipo de cabelo. Enxágue completamente.

A hena vai ajudar na manutenção das propriedades de maciez, brilho e textura do seu cabelo e doar um resultado estético muito agradável. Experimente!




Sonia Corazza

É engenheira química especializada em Cosmetologia. Tem 25 anos de experiência como formuladora de cosméticos. Atuou em empresas líderes no setor. É autora do livro Beleza Inteligente (Madras). Mais informações: www.belezainteligente.com.br



ENQUETE

Você revidaria uma traição?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.