DESTAQUES

Sou uma mãe manipuladora ou de opinião?

Blenda de Oliveira 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO
Quando há diálogo não há imposição e manipulação

por Blenda de Oliveira

"Preciso mudar algo na minha forma de me relacionar com meus filhos? Todos aqui em casa dizem que sou manipuladora. Na verdade, eles não sabem o que é manipular ou dar opinião."

Resposta: Primeiro de tudo é importante que você reflita o que considera ser manipuladora. Às vezes pessoas com fortes opiniões nem sempre consegue colocá-las de maneira não impositiva, o que pode tornar a comunicação com características de manipulação.

Infelizmente, a comunicação é um dos grandes entraves nas relações de modo geral: amorosas, familiares, profissionais etc.

Por outro lado, é a grande possibilidade de aproximação e canal para a demonstração dos afetos, das ideias e porta de entrada para o diálogo. Quando há diálogo, não há imposição e manipulação. Há sim a oportunidade de troca e, principalmente, de escuta.

Sugiro que você escute e pergunte com genuína intenção de melhorar onde e o que eles enxergam em você como manipulação.

Lembre-se que abrir-se ao diálogo não diminuirá a força de suas opiniões, mas, com certeza, ajudará muito a comunicar-se melhor.

Sempre que mais de uma pessoa nos chama a atenção para um modo como nos comportamos, é interessante parar, ouvir, refletir e dialogar. Você pode ter grandes aprendizados abrindo-se para ouvir. Que tal tentar?

Boa sorte.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Você revidaria uma traição?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.