DESTAQUES

Ao acreditar em você, é possível alcançar tudo na vida

Roberto Shinyashiki 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO

por Roberto Shinyashiki

Eu vim de uma família muito humilde, morava em um bairro muito longe e pobre em Santos, estado de São Paulo, e minha mãe nunca chegou mesmo a pisar em uma escola para estudar. Ela era empregada doméstica e sempre foi muito batalhadora.

Apesar de não ter estudado, ela foi uma pessoa que me ensinou muito, sempre acreditou muito em todos os filhos e com ela eu aprendi coisas que nenhuma escola me ensinou.

Aprendi que se você acreditar em si mesmo é possível alcançar o que quiser na sua vida!

Aprendi que tudo é fácil de conseguir, se você se dedicar o suficiente e com todo o coração àquilo que você quer. Quer dizer: tudo é simples e fácil, mas exige trabalho dedicado e paixão pelo seu sonho e pelo que você faz.

Sou muito grato à minha mãe, porque tenho certeza que ela moldou o meu caráter para fazer a diferença na vida das pessoas. Sem sombra de dúvidas, ela foi a maior professora que tive.

E hoje faço questão de levar sempre a mensagem que ela deixou na minha vida, como legado, para ajudar a vida de cada uma das pessoas que assistem às minhas palestras, que leem os meus livros, que trabalham comigo ou buscam se inspirar no meu trabalho.

Minha mãe foi minha melhor professora também na arte da superação e da aceitação. Ela foi sempre um exemplo de luta, mas no final de sua vida me deu a maior aula de sabedoria.

Ela teve câncer. E só Deus e os filhos sabem como lutou contra a doença. As metástases se espalhavam por seu corpo, a dor ia tomando conta dos seus dias, mas nem o sofrimento diminuía sua força para lutar. Até que um dia, enquanto eu aplicava mais uma das inúmeras injeções para aliviar sua dor, ela me olhou com serenidade e falou:

- Seja feita a Sua vontade... Seja feita a Sua vontade, assim na terra como no céu. E completou: - Meu filho, acho que é hora de parar de lutar e aceitar a minha hora...

Percebendo o que ela estava me dizendo, meus olhos se encheram de lágrimas, e também foi desta vez que ela me confortou:

- Filho, fique tranquilo. Eu prometo que vou continuar cuidando de vocês...

É assim que são as mães... Não importa a dificuldade por que ela esteja passando, ou a dor que esteja sentindo, estão sempre prontas para cuidar dos filhos. E ela me deu a maior prova disso naquele momento.

Hoje, embora eu já seja um homem feito, ainda sinto muita falta de minha mãe. Mas tenho certeza de que ela, de onde estiver, ainda me acompanha e olha por mim.

A magia da ligação entre uma mãe e seus filhos é algo que está acima de nossa compreensão. Só nos cabe mesmo reverenciar esse amor.

A cada novo dia que começa, e em especial no Dia das Mães, sinto muito forte a energia desse amor imenso. E posso perceber que sou mais forte e mais feliz por ter tido a mãe que tive.

Um último conselho: nunca perca uma oportunidade de beijar e agradecer à sua mãe, não só no Dia das Mães, mas todos os dias. Ela, com certeza, já abriu mão de muita coisa pessoal, para cuidar das suas coisas e da sua felicidade.

Pense sobre isso e seja feliz em mais este Dia das Mães!

 




Roberto Shinyashiki

É médico psiquiatra, com especialização em Administração de Empresas (MBA USP), é consultor organizacional, palestrante e autor de 12 títulos, entre eles o lançamento “Tudo ou Nada”, “Heróis de Verdade”, “Amar pode dar certo”, “O sucesso é ser feliz” e “A carícia essencial”. Mais informações: www.shinyashiki.com.br



ENQUETE

Você revidaria uma traição?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.