DESTAQUES

Juiz de Fora possui mais de 60 núcleos que oferecem prática esportiva gratuita

Redação Vya Estelar 08/02/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
Juiz de Fora possui mais de 60 núcleos que oferecem prática esportiva gratuita
Fonte: foto divulgação
Inatividade física é um dos maiores problemas de saúde pública; indica estudo

Da Redação

As atividades do programa “JF Esporte e Cidadania” estão de volta.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



São mais de 60 núcleos espalhados pela cidade, que oferecem modalidades como caminhada, aulas de ginástica, hidroginástica e futsal, entre outras.

O núcleo do “Planeta Água” (Rua Chanceler Oswaldo Aranha, 342, Bairro São Mateus), com natação para bebês, terá o início de suas atividades nesta quinta-feira, 8, a partir das 10 horas. Outros, como o do Monte Castelo (Rua Coronel Quintão), já estão em funcionamento, às quartas e sextas-feiras, a partir das 7 horas.

O “JF Esporte e Cidadania”, promovido pela Secretaria de Esporte e Lazer tem como finalidade principal levar atividade física e esportiva para a população na faixa etária a partir de cinco anos. A principal finalidade do programa é promover o desenvolvimento físico, visando melhoria das condições físicas, emocionais e sociais, para alcançar qualidade de vida e aumento da autoestima. Razão para desfrutar da iniciativa é o que não falta.

Inatividade física é um dos maiores problemas de saúde pública; indica estudo
 
O educador físico Ricardo Arida, pós-doutorado pela Universidade de Oxford-UK, em Medicina (Neurologia), comenta dois artigos de uma revista inglesa, British Journal of Sports Medicine, que publica artigos relevantes na área esportiva, sobre os efeitos benéficos da atividade física para a saúde física e mental.

O primeiro tópico do artigo sugere que a inatividade física é um dos maiores problemas de saúde pública do século XXI. Dados que levaram o autor do artigo Steven N Blair chegar a essa conclusão foram obtidos no “Aerobics Center Longitudinal Study (ACLS)”.

Argumenta-se que um grande número de mortes em uma população poderia ser evitado se um específico fator de risco estivesse ausente – a inatividade física. Por exemplo, se todos os fumantes fossem não fumantes ou todas as pessoas inativas fizessem 30 minutos de caminhada, pelo menos 5 vezes por semana, esse quadro poderia mudar.

Arida esclarece que os três maiores fatores que influenciam nossa saúde e longevidade são: genética, meio ambiente e comportamento. “Uma vez que temos muito pouco controle sobre os fatores genéticos, é importante concentrarmos nos fatores que temos mais controle, como ambientais e comportamentais”, avalia.

Enquanto grandes avanços têm sido realizados para a redução dos fatores ambientais que influenciam as doenças, como vacinas e higiene, pouco tem sido feito em relação a outros fatores como a inatividade física.

“É frustrante pensar que pouco tem sido feito para um fator que está sob nosso controle. Existem muitas evidências científicas provando os benefícios do exercício na prevenção de diabete, hipertensão, câncer, depressão, osteoporose, demência etc”, lamenta Ricardo.

Resumindo, existe uma grande correlação entre atividade física e mortalidade. Além dos efeitos da atividade física na morbilidade e mortalidade, existem claras razões econômicas para tentar aumentar a prática de atividades físicas da população.

Serviço

Os interessados devem se dirigir ao núcleo de sua preferência, munidos da carteira de identidade e atestado médico, para realizar gratuitamente suas inscrições. Várias outras atividades terão início em fevereiro. Para conferir endereços, horários e modalidades disponíveis, ligue para 3690-7853, ou envie e-mail para jfcidadania@pjf.gov.br




TAGS :

    atividade, física, saúde, mental, prática, esportiva

Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.