DESTAQUES

É mais fácil do que você imagina!

Redação Vya Estelar 21/03/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
É mais fácil do que você imagina!
Fonte: imagem Pixabay
Primeiros passos para você sair do sedentarismo

Da Redação

A falta de tempo é considerada um dos principais motivos para as pessoas não praticar algum tipo de atividade física.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Com a correria do dia a dia, frequentar a academia ou praticar esportes acaba ficando de fora da rotina. No entanto, pequenos hábitos diários podem ajudar a ganhar qualidade de vida e bem-estar.

O médico cardiologista Rafael Munerato lista algumas recomendações para sair do sedentarismo, pois este pode causar ameaças à saúde, uma vez que é considerado um fator de risco cardiovascular.

Para ele, ir de maneira gradual é a forma mais assertiva. "A caminhada reduz estresse, estimula a produção de endorfina, além de melhorar a qualidade do sono", explica.
3 dicas para sair do sedentarismo:
 
1ª) Dar no mínimo 10 mil passos por dia

Isso vai beneficiar a saúde e ganhar qualidade de vida - essa quantidade equivale a aproximadamente 45 minutos de caminhada.

É mais fácil do que parece: geralmente, as atividades habituais das pessoas fazem com que elas cheguem a cerca de 5 mil passos, ou seja, o esforço deve ser para completar e chegar aos 10 mil. Lembre-se: permanecer nos 5 mil, ainda será considerado como sedentário.

Como?

Descer ou subir escadas ao invés de usar o elevador;

Caminhar com amigos, familiares ou pets;

Descer do ônibus antes do ponto ou parar em estacionamento mais distante;

Saia para dançar com os amigos;

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



E aqueles que, por conta do trabalho não conseguem caminhar, devem monitorar os passos que habitualmente fazem (há aplicativos que fazem isso) além de procurar ficar em pé mais tempo que sentadas.

Benefícios:

- Diminui o risco de infarto e derrame;

- Perda de peso - alerta: a caminhada é um aliado na perda de peso, portanto, não se iluda sobre o fato de que andar apenas 10 mil passos ajudará no emagrecimento. A união da caminhada com uma dieta - reduzindo consumo de açúcar branco e carboidrato de alto índice glicêmico - é o segredo para quem precisa perder peso de uma forma saudável;

- Diminuição da porcentagem de gordura no corpo;

- Diminuição de circunferência abdominal;

- Aumento do HDL (colesterol bom).

2ª) Aposte nos Apps

A melhor forma de contar os passos é com uso de aplicativos de celulares, smartwatches ou smartbands. Além de serem mais práticos, proporcionam uma gamificação, pois compartilham os dados e usam algoritmos para estimular o aumento dos passos.

3ª) Estimule-se!

Trate essas dicas como o start para uma vida mais ativa, mas não se estagne nessa etapa. Os trabalhos científicos demonstram que realizar 30 minutos de atividade física moderada 5 vezes por semana ainda é superior a atingir 10 mil passos.

Restrição

Quem tem alguma limitação física ou doença que cause limitação às atividades habituais deve ter orientações personalizadas sobre esta conduta. Doenças cardiopulmonares graves devem seguir orientação específica do médico.

Atenção!

Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um médico ou profissional de Educação Física e não se caracteriza como sendo um atendimento.




TAGS :

    primeiros, passos, para, você, sair, do, sedentarismo

Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.