DESTAQUES

Por amor a você, pare de se criticar

Emilce Shrividya Starling 11/07/2018 AUTOCONHECIMENTO
Por amor a você, pare de se criticar
Fonte: imagem Pixabay
Escolha ser gentil com você

Por Emilce Shrividya Starling

Para ser mais feliz e se amar mais, conquiste uma mente positiva e liberte-se do sentimento de culpa e de cobranças. Seja gentil e tenha carinho por você. Veja seu lado positivo. Descubra suas qualidades. Valorize-se.

Por amor a você, pare de se criticar. Pare de se julgar e se diminuir. Elogie-se. Se você realmente conseguir não se criticar, está se amando e sendo amável e paciente com você mesmo.

Aprenda com seus erros e se liberte da culpa. Desenvolva responsabilidade e leveza de espírito, perdoando-se e pensando com bondade a seu respeito.
Comece agora mesmo. Preste atenção à sua tendência de autopunição e de se desvalorizar. Não permita que esses padrões mentais negativos dominem você.  

Tome consciência das muitas vezes que você se culpa ou se critica, sendo assim seu verdadeiro inimigo.  Quando você alimenta um pensamento negativo de crítica e de culpa, é como você batesse em si mesmo, sem a menor compaixão e compreensão.  

Se você tem esse hábito de se criticar, você faz isso também com seus filhos, cônjuges, parentes, amigos, com as pessoas que você mais gosta. Desse modo, você os prejudica, não os ajuda a se realizarem ou terem harmonia.

A crítica não transforma ninguém, porque quem é criticado se defende através da teimosia e rebeldia. Não é uma ajuda amorosa que pode trazer mudanças positivas. Em vez de criticar os outros, procure aceitá-los como eles são. Ajude-os, com gentileza, a refletirem sobre os erros. Assim, eles se sentirão motivados a fazer as próprias mudanças positivas.

Em vez de criticar a você mesmo, o que gera culpa e sofrimento, se aceite como você é. Esse é o primeiro passo para você melhorar e realizar as mudanças necessárias. Não é ser conivente com seus erros e defeitos, mas aprender com eles. É uma atitude de não violência e amor.

Quando você se esforça para ter pensamentos positivos a seu respeito, você para de criticar os outros.  Em vez disso, terá pensamentos positivos a respeito deles e descobrirá qualidades neles. Desse modo, você se torna uma pessoa amável, compreensiva, que irradia tranquilidade e estimula os outros a melhorar.

Você é capaz de mudar e ser mais feliz! Seu poder de cura está na escolha dos seus pensamentos porque os pensamentos são criativos. Eles geram suas experiências e moldam seu destino.

É você quem escolhe os pensamentos que tem, mesmo que ache que eles fogem ao seu controle. Desenvolva a vigilância sobre seus pensamentos. Observe seus pensamentos negativos e arranque-os na raiz o mais rápido possível.

Quando perceber um pensamento negativo, mentalmente diga para você mesmo: “Cancelado, Cancelado”, e substitua-o imediatamente por um pensamento oposto e positivo. Você merece ser feliz, ter uma mente estável, amável e tranquila!

Você pode escolher pensar positivamente sobre você, sobre os outros, sobre a vida. Pode escolher ser mais feliz. Escolha ser gentil com você. Faça as pazes com sua mente. Faça as pazes com você.

À medida que o amor vai crescendo em seu interior, você cuida melhor do seu corpo e da sua mente, e vai se sentindo cada dia melhor.

Quando você se ama, é mais feliz no amor, no trabalho, em todas as suas atividades e se torna uma pessoa melhor em todos os sentidos. Quem se ama é uma pessoa feliz, pois se sente bem consigo mesma, transmite amor e alegria  e pode fazer os outros também felizes.

O amor dissolve a raiva, liberta da culpa e faz o medo desaparecer. O amor é o poder que cura. Coloque o amor em ação. Comece sendo amável com você e expanda esse sentimento ao seu redor.

Namaste! Deus em mim saúda e agradece Deus em você! Fique em paz!




TAGS :

    autoestima, autoconhecimento, amor

Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

A morte trágica da bancária Lilian Jamberci, vítima do "Dr. Bum Bum", trará à luz uma reflexão sobre o vício da vaidade?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.