DESTAQUES

Bons olhares: gentileza, delicadeza e ternura são graças que nos são inatas

Samanta Obadia 11/07/2018 COMPORTAMENTO
Bons olhares: gentileza, delicadeza e ternura são graças que nos são inatas
Fonte: imagem Pixabay
Eu lamento por quem perde a gentileza com a vida

Por Samanta Obadia

Deve ser doloroso ver a vida sem nuances e sem brilho. Deve ser triste viver irritado e sem graça.

Quando ouço as pessoas reclamarem, maldizendo o seu tempo, proferindo palavras ruins e tortas, meu coração se enche de compaixão. Imagino o sofrimento e o vazio que devem sentir.

Não conseguir ver a ternura nos outros, suas falhas e seus medos nos coloca num lugar de afastamento e solidão muito duro. Não perceber que quem lhes agride é mais frágil e inseguro na maioria das vezes, estabelece um aprisionamento terrível.

Sinto muito quando os jovens repetem esse hábito posto que haja tanto a se maravilhar. Entristecem-me os velhos que ainda não aprenderam, com tantas chances que tiveram.

A gentileza, a delicadeza e a ternura são graças que nos são inatas. Muitos de nós as perdemos ao imitarmos aqueles que nos ensinam esse caminho; outros tantos endurecem ao perder as esperanças diante de expectativas ilusórias mal criadas.

Mas o mundo nos dá muitas chances para recobrar a inocência e a pureza da alma. Basta vivenciar o universo, vislumbrar as belezas da natureza, conviver com os animais e com as crianças. Muitas pessoas também ficam imunes a essa dureza e permanecem ternas e generosas, distribuindo sorrisos e bons olhares. Preencha seu espaço do jeito que quiser, mas aqui fica a dica para que você não seja digno de pena, mas que possa inspirar humanos a serem sempre gentis. Afinal, como disse o compositor e cantor Willie Nelson: “Seja gentil com suas palavras - você não pode levá-las de volta.” 




TAGS :

    comportamento, autoestima, gentileza, vida, reflexões

Samanta Obadia

Samanta Obadia é Escritora, Psicanalista e Filósofa com especialização em neurocognição. Palestrante dinâmica e inovadora, com ampla experiência em relacionamentos afetivos na clínica psicanalítica e em Orientação Educacional para jovens e familiares.



ENQUETE

Você se sente infeliz no trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.