DESTAQUES

Após o parto normal

Milena Imaizumi 22/08/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
Após o parto normal
Fonte: imagem Pixabay
Minha vagina ficou um pouco mais larga. E agora?

Por Milena Liste

Resposta: O parto normal não é necessariamente a causa do “alargamento” da vagina. A gestação em si, é um fator do enfraquecimento do períneo ou músculo do assoalho (ou soalho) pélvico.

No período entre 37 a 40 semanas de gestação, o períneo teve que “carregar” o feto, a placenta, o líquido amniótico, além dos órgãos internos já existentes.

O enfraquecimento do períneo faz com que a mulher sinta esse alargamento, podendo ter perda urinária involuntária, incontinência fecal, falta de prazer ou não sentir a “pega” do pênis durante a relação.

O que é indicado, após conversar com seu ginecologista, é fortalecer essa musculatura pélvica, o períneo.

As contrações de Kegel (conhecido desde a década de 1980) nada mais são do que as contrações perineais ou contrações do músculo do assoalho pélvico. As contrações de Kegel e a do assoalho pélvico são a contração da musculatura vaginal. A diferença entre elas é que a primeira a paciente realizava com a bexiga com urina e a segunda com a bexiga totalmente vazia, o que é a forma correta. Realizar as contrações com a bexiga cheia pode provocar infecção urinária, pois solicitava-se que durante a micção, a mulher interrompesse o ato com a contração vaginal.

A contração perineal correta pode ser realizada de forma rápida ou de forma lenta. Na rápida, a mulher contrai e relaxa a vagina (pode ser 3 séries de 10 a 20 repetições) e lenta, onde a mulher contrai  e sustenta a contração por 3 a 7 segundos.

Seria adequado, a mulher ser avaliada por uma fisioterapeuta em uroginecologia.
 

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um médico ginecologista ou fisioterapeuta e não se caracteriza como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A professora de educação física e fisioterapeuta Milena Imaizumi responderá e-mails relacionados à saúde da mulher na área da atividade física, fisioterapia/obstetrícia, ginástica postural, ergonomia e RPG. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail não serão publicados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    parto, normal, períneo

Milena Imaizumi

Educadora física, pós-graduada em Fisiologia do Exercício e fisioterapeuta, pós-graduada em Fisioterapia Desportiva. Desde de 1997, atua como personal trainer há 15 anos na área de ginástica postural e RPG. Desde 2007, na área de uroginecologia trabalha com orientação e conscientização da saúde do homem, da mulher e de atletas quanto a musculatura pélvica e afecções. Supervisiona o curso de Fisioterapia em Obstetrícia e Uroginecolocogia da UNIFESP.



ENQUETE

Qual o preço de se buscar a perfeição?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.