DESTAQUES

De A a Z: o significado do que sentimos ao amar, ao lidar com aparência

Anette Lewin 31/08/2018 PSICOLOGIA
De A a Z: o significado do que sentimos ao amar, ao lidar com aparência
Fonte: imagem Pixabay
Verbete de hoje – aparência - qual a importância da beleza e seu significado no amor e na atração

Verbete explicado a partir do e-mail enviado por esta leitora:  

“Não sou uma pessoa bonita e tô bem difícil de ser. Tenho 19 anos e nunca namorei. Tenho uma sensação que nunca ninguém vai se interessar por mim por causa da minha aparência (feia). Sou uma pessoa legal até, mas isso não é o suficiente. Às vezes vejo pessoas ao meu redor já namorando. Eu não sinto inveja, mas fico triste e  pensando por que ninguém se interessa por mim. Será que alguém nunca irá se interessar? Bate uma tristeza. Eu não saio e é bem difícil conhecer alguém. Não tenho amigos, sou bem tímida, mas acho que isso não é o problema, pois se for para conversar eu converso. Será que um dia nesse mundinho eu irei namorar?”

Por Anette Lewin
 
Se o que você quer é namorar, ou seja, estabelecer um vínculo amoroso profundo com alguém, a beleza pode não ser tão importante assim. Desde que você acredite nisso. Sabe por quê? Vamos lá. Ninguém pode negar que a beleza física atrai e facilita as conquistas amorosas; que os homens sentem prazer em sair com mulheres bonitas principalmente para exibi-las em público. Mas de que adianta essa facilidade de conquistar quando se fala em uma relação mais profunda?

Afinal, namora-se apenas com uma pessoa por vez. Na maioria dos casos. Casa-se apenas com uma pessoa por vez. Na maioria dos casos. Então, facilidade para atrair não serve e não é o suficiente para o que você pretende: namorar. Abre possibilidade de mais escolhas? Sim.

Mas muitas mulheres lindas, que atraem milhões de homens, apenas atraem. Mas e depois?

Certamente a beleza, tanto feminina quanto masculina, foi, e ainda é mistificada em nossa sociedade de consumo. Justamente porque para preencher padrões de beleza vigentes, as pessoas têm que consumir. E muito! Produtos de beleza estão aí aos montes vendendo ilusões para quem quiser comprar. E tudo isso a um preço alto e sem garantia de retorno.

Quando você diz que é feia está, de certa forma, dizendo que não pode, não acredita ou não quer utilizar-se de recursos artificiais para enquadrar-se num padrão. Ou então, acha que não vale a pena experimentar formas de buscar uma aparência mais estética. De certa forma, parece que está dizendo que não quer entrar numa disputa onde as chances de perder são muito grandes. Sim, você pode pensar assim. Mas você também pode buscar em você mesma uma forma estética que agrade a si mesma. Sem se comparar com as outras, apenas buscando o modo de se arrumar que faça você se sentir mais bonita para você mesma.

Não existe maquiagem mais eficaz do que uma autoestima bem trabalhada.

Para conhecer pessoas interessantes você precisa arriscar. Converse com as pessoas, exponha suas opiniões, arrisque um olhar para alguém que desperte sua atenção e,  principalmente, olhe para quem você percebe que está te olhando ou te escutando. A beleza interior que existe em você acabará aparecendo e, mesmo parecendo clichê, acredite: é ela a maior responsável por relacionamentos bem-sucedidos. Afinal, citando o também clichê “Pequeno Príncipe”,  “o essencial é invisível aos olhos, só se vê bem com o coração “.
 

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um psicólogo e não se caracteriza como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    bonita, aparência, arrumar, namorado, autoestima, psicologia

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Quem não tem cão caça com o “ex”, que está receptivo. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.