DESTAQUES

Até onde pode ir aproximação entre psicólogo e paciente?

Eduardo Ferreira Santos 25/09/2018 PSICOLOGIA
Até onde pode ir aproximação entre psicólogo e paciente?
Fonte: Google Imagens
Função do psicoterapeuta é a de reestruturar o mundo psíquico do paciente

Por Eduardo Ferreira Santos

E-mail enviado por uma leitora:

“Olá! Gostaria de fazer uma pergunta para ter certeza se minha opinião está certa ou não. Eu acho que não tem sentido um psicólogo (a) convidar um paciente para qualquer atividade fora do consultório, que não esteja envolvida na questão e nos propósitos buscados pelo paciente ou no que ele necessita de ajuda;  tanto seja um jantar, como um passear de carro na orla da praia. Mas minha pergunta é:  tem alguma coisa que justifique uma psicóloga (o) falar de sua vida pessoal amorosa ao paciente, mostrar excessivo carinho como olhar penetrante ou prender as mãos do paciente entre as suas, como num ato de carinho esticado literalmente prolongado, abraçar esse paciente de maneira corpo a corpo, e ainda mais se esse paciente passa por uma transição masculina tem 18 anos e sua psicóloga 50. Naturalmente que ele carente se agarrando a tudo que lhe dê carinho, com crises constantes de disforia. Na minha opinião isso é inadmissível! Necessito muito dessa resposta! Obrigada.”

Resposta: É dever do psicoterapeuta tratar seu paciente com respeito, atenção e até mesmo com carinho!

Mas é sua obrigação também evitar o máximo possível a erotização dessa relação.

Assim, como você descreve em sua pergunta é realmente inadmissível que um terapeuta erotize seus atos, seja qual for a idade do paciente, pois ele, o terapeuta, está lá para reestruturar o mundo psíquico e não seduzir o paciente.

Aliás, no Juramento de Hipócratres é determinante à proibição de se utilizar da relação médico-paciente com esse fim!

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um médico psiquiatra ou psicólogo e não se caracteriza como sendo um atendimento.

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra e psicólogo Eduardo Ferreira Santos responderá dúvidas e perguntas sobre os relacionamentos de uma maneira geral, sobre autoestima e conflitos emocionais. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    relação, psicoterapeuta, paciente, intimidade, psicologia

Eduardo Ferreira Santos

Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.