DESTAQUES

É possível adquirir barriga tanquinho após os 40?

Milena Imaizumi 10/01/2019 SAÚDE E BEM-ESTAR
É possível adquirir barriga tanquinho após os 40?
Fonte: Google Imagens
Para adquirir uma barriga tanquinho não há segredo

Por Milena Imaizumi

Resposta: Esta pergunta enviada por um leitor parece retirada de alguma revista sensacionalista voltada para saúde, fitness, fofoca da atriz da novela ou supermodel. Me desculpe.

Meu editor sabe o quão responsável e como nossas respostas aos internautas são vinculadas a evidências científicas. Apesar da linguagem simples, todas nossas respostas são respeitosas e verdadeiras, na medida do possível baseada na ciência.

Aliás, hoje em dia, temos acesso à tanta biblioteca universitária virtual, que o que você lê hoje pode ser comprovado o contrário mais tarde.

Site dignos de pesquisa são os da www.bireme.org e www.scielo.org . Nesses sites você digita palavras-chave como “músculo do abdômen” em espanhol ou inglês e até em português e voilá!

Mas, vamos ao que interessa.

“Barriga tanquinho” sugere uma região abdominal marcada pelos “gomos” de músculo abdominal, certo?

Mas, sobre o músculo do abdômen, há vários outros tecidos, como pele, camada adiposa (gordura), aponeurose e fáscias (capa de tecido conjuntivo). Essa camada adiposa, em milímetros (dobra cutânea) deve ser baixíssima, tipo 10 mm ou próximo a isso para que a tão desejada aparência dê o ar das graças.  

Lendo isto, a meta é fácil. O difícil é colocar no seu modo de vida, hábitos saudáveis de alimentação, exercícios físicos, foco e força de vontade.

Acredito também nos recursos “não naturais “como lipoaspiração, **abdominoplastia, técnicas biofísicas (ultrassonografia, eletroterapia, laserterapia) para melhorar a aparência de forma mais rápida (?) sem mudar o hábito de vida.

Repetindo, todos sabem que abaixo da pele e camada adiposa há o músculo. Anatomicamente, é assim no corpo inteiro. Sendo  assim, para o músculo abdominal aparecer, a camada de gordura tem que ser bem fininha. Essa “fineza” toda tem que surgir de uma disciplina alimentar para a diminuição da mesma. Se você estiver acima do peso, deverá iniciar uma reeducação alimentar e atividades físicas mais intensas e disciplina, independentemente da idade.

Apesar da genética individual, tipo físico, idade e postura corporal da pessoa influenciar na “aparência tanquinho” do abdômen não é impossível.

Minhas dicas:

- reeducação alimentar;
- exercícios físicos variados e com intensidades variadas;
- se necessário, técnicas de medicina em estética;
- perseverança e disciplina.

Meu depoimento: apesar da minha idade (irrevelável rsrsrs), gestação tardia, “pochete” ou barriga pós-gestação, e não tenho como objetivo, a minha barriga não é “tanquinho”, mas estou quase lá.

Abaixo, o depoimento de Vinícius Almeida que chegou lá.

Eu tenho uma opinião muito pessoal sobre este assunto.

Não sou contra tratamentos estéticos, até acho que em alguns casos eles são extremamente necessários.

Porém, não concordo com os três (D.D.D), uso desnecessário, descontrolado e desenfreado de substâncias manipuladas.

•    1º Desnecessário: quando a pessoa tem uma genética e estrutura corporal que a favorece, onde o único problema esta na má alimentação e a não prática de exercícios (vida sedentária).
•    2º Descontrolado: fazer uso de suplementos e anabolizantes sem exames e acompanhamento médico.
•    3º Desenfreado:    o consumo de suplementos e anabolizantes de uma forma exagerada.  

Barriga tanquinho

Para adquirir uma barriga tanquinho não há segredo

Sabendo que o abdome é um músculo como todos os outros, é necessário que se pratique abdominais com carga para que o músculo cresça e apareça.     
Após os 40

Após os 40 anos tudo fica mais difícil: o metabolismo desacelera, nosso pique já não parece ser mais o mesmo e se a rotina de vida hábitos saudáveis não estiver presente... aí não tem jeito.

Dicas

Tenha uma rotina de vida saudável para você.

Eu divido meus exercícios abdominais em dois. 1 (quando o treino é de costas, eu também faço os músculos laterais do abdome (oblíquo/serrátil))/ 2 (quando eu treino peito, também faço os músculos frontais do abdome, superior e inferior (abdome reto).

Evite o consumo de açúcar.

Pratique exercícios físicos diariamente.

Faça disso um estilo de vida e não uma obrigação e/ou uma coisa momentânea.
 

* Aponeurose: membranas achatadas de constituição semelhante à dos tendões.

** Abdominoplastia: procedimento cirúrgico estético realizado para remover gordura e pele em excesso do abdômen.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um profissional de Educação Física e não se caracteriza como sendo um atendimento.

Vinícius Almeida contatos: (11) 94181-1567 WhatsApp e (11) 98386-8399

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A professora de educação física e fisioterapeuta Milena Imaizumi responderá e-mails relacionados à saúde da mulher na área da atividade física, fisioterapia/obstetrícia, ginástica postural, ergonomia e RPG. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail não serão publicados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    barriga, tanquinho, 40 anos

Milena Imaizumi

Educadora física, pós-graduada em Fisiologia do Exercício e fisioterapeuta, pós-graduada em Fisioterapia Desportiva. Desde de 1997, atua como personal trainer há 15 anos na área de ginástica postural e RPG. Desde 2007, na área de uroginecologia trabalha com orientação e conscientização da saúde do homem, da mulher e de atletas quanto a musculatura pélvica e afecções. Supervisiona o curso de Fisioterapia em Obstetrícia e Uroginecolocogia da UNIFESP.



ENQUETE

Amor: você considera sua relação frágil?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.