DESTAQUES

Gordura no fígado: conheça os alimentos que ajudam a preveni-la

Tamara Mazaracki 01/05/2019 SAÚDE E BEM-ESTAR
Gordura no fígado: conheça os alimentos que ajudam a preveni-la
Fonte: imagem Pixabay
Entre as folhas e legumes, o destaque vai para o brócolis

Por Tamara Mazaracki

Na esteatose hepática (depósito de gordura no fígado) o tecido normal e saudável do fígado vai sendo infiltrado por moléculas de gordura. O fígado aumenta de tamanho, fica inchado e perde a sua funcionalidade plena, podendo progredir para sérios problemas de saúde. Diversos alimentos e suplementos nutricionais ajudam a prevenir e a combater o acúmulo de gordura no fígado.

O que comer?

Folhas, legumes (destaque para brócolis), frutas (principalmente berries e cítricos), fibras, sementes oleaginosas, feijões e pescados estão entre as boas escolhas. São muitas as gorduras boas que ajudam o fígado a se livrar da gordura ruim. Ômega-3 (presente na sardinha, cavala, atum, linhaça, chia e nozes) melhora os níveis de gordura hepática e os níveis de HDL colesterol em pessoas com esteatose. Abacate e azeite são ricos em ômega-9, que reduz o estresse oxidativo e a inflamação, contribuindo para um fígado mais saudável. Estudos recentes indicam que o óleo de coco extravirgem atua como um nutracêutico (produto nutricional que possui eficácia terapêutica) contra a esteatose hepática.

Alho, cúrcuma e gengibre

Alho é um tempero com ampla ação medicinal, e estudos mostram que seu consumo contribui para melhorar a resistência insulínica e o perfil lipídico, reduzindo a chance de acumular gordura no fígado.  A curcumina, um polifenol presente na cúrcuma, é eficaz contra o desenvolvimento da esteatose hepática e evita a sua progressão para hepatite. O consumo diário de cúrcuma reduz a resistência insulínica, a inflamação e a oxidação de gorduras. Gengibre, composto por centenas de fitoquímicos, também age na resistência insulínica e inflamação, atuando na prevenção e na correção da esteatose.

Café e chá

Café é uma bebida com diversas propriedades na saúde humana. O ácido clorogênico, um dos princípios ativos do café, tem ação antioxidante, anti-inflamatória, ajuda a reduzir o colesterol e a prevenir a doença hepática gordurosa.  As pesquisas comprovam que o chá verde e o chá preto, devido ao seu alto teor de polifenóis, contribuem para diminuir o percentual de gordura corporal e de gordura no fígado.

Suplementos

Além de uma alimentação com ênfase em folhas, legumes, frutas coloridas, sementes oleaginosas, boas gorduras e proteínas de qualidade, há também vitaminas, fitoterápicos e suplementos que ajudam a prevenir problemas e a reparar um fígado doente, como silimarina, curcumina, gengibre, probióticos, ácido lipóico, colina, inositol, complexo B, magnésio, vitaminas C, D, E, polifenóis, ômega-3 e outros.

Cuide do fígado com carinho!      

É preciso reconhecer que o fígado é um órgão essencial à sobrevivência. Não se pode viver sem ele – não há nenhuma máquina criada pelo homem que consiga fazer o que o fígado faz, tamanha é a sua complexidade! As doenças mais comuns do fígado são infiltração gordurosa (esteatose), hepatite (inflamação aguda, subaguda ou crônica do fígado), cirrose (endurecimento do tecido hepático com perda da função) e câncer. Se o fígado falhar e não houver um transplante, nós simplesmente morremos. Esta usina fantástica trabalha incansavelmente e, de modo geral, não nos lembramos disso e nem cuidamos do fígado. Procure se alimentar de forma correta, evite alimentos processados, açúcares e frituras, e tenha bons hábitos de vida. O fígado agradece e a sua saúde também!

Referências
*Nutrients 2018. Nutraceutical Approach to Non-Alcoholic Fatty Liver Disease (NAFLD).
*Diseases 2018. Potential Therapeutic Benefits of Herbs and Supplements in Patients with NAFLD.
*PLoS One 2017. New evidence for the therapeutic potential of curcumin to treat nonalcoholic fatty liver disease in humans.
*World Journal of Hepatology 2017. Coffee: The magical bean for liver diseases.
*Journal of the Science of Food & Agriculture 2018. Virgin coconut oil reverses hepatic steatosis by restoring redox homeostasis and lipid metabolism in male Wistar rats.




TAGS :

    fígado, gordura, alimentos, brócolis, café

Tamara Mazaracki

Médica especializada em Nutrologia. Membro da ABRAN – Associação Brasileira de Nutrologia. Pós-graduada em Terapia Ortomolecular, Nutrição Celular e Longevidade – FACIS-IBEHE Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo e Centro de Ensino Superior de Homeopatia. Membro Titular da Sociedade Médica Brasileira de Intradermoterapia. Consultora com atuação em Nutrologia e Medicina Ortomolecular. CRM 52 301716 www.tamaramazaracki.med.br



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.