DESTAQUES

Por que será que ele não me apresenta a filha dele?

Anette Lewin 14/06/2019 PSICOLOGIA
Por que será que ele não me apresenta a filha dele?
Fonte: imagem Pixabay
Aproveite os momentos exclusivos com ele e crie vínculos mais profundos

E-mail enviado por uma leitora:

“Olá boa noite! Tenho 20 anos e namoro um cara de 40 anos, eu gosto muito dele. Ele me ajudou muito a ser uma mulher adulta, madura. Mas ele não me apresenta a filha dele e ainda não entendo o porquê. Ele diz que é por que a menina não entende, mas ela já tem 11 anos. Enfim, eu não me vejo sem ele em nenhum momento da minha vida, não me vejo com outro homem nunca. Gosto dele como nunca gostei de ninguém. E tenho medo que não dê mais certo, pois vou sofrer muito.”

Resposta: Você, aos 20 anos, certamente tem uma cabeça diferente da dele que já tem 40. Embora você sinta que ele ajudou você a amadurecer, ninguém é tão madura assim aos 20. Assim, melhor conter sua ansiedade e acreditar que ele está tentando proteger o vínculo e não desvalorizá-lo.

Parece que a relação entre vocês vai bem, mas ele sabe, pela experiência de um homem de 40, que a interferência de um terceiro elemento na relação, no caso a filha de 11, pode colocar tudo a perder. A possibilidade de acontecer uma disputa entre você e a filha pela atenção dele é imensa! Então, enquanto ele não sente que vocês caminharam o suficiente em direção a uma relação sólida, prefere que a relação continue e se fortaleça entre vocês dois. Entenda isso como uma atitude de cuidado e não como uma atitude de rejeição! Além disso, a fase do namoro é tão agradável! Para que querer apressá-la e passar a ter um convívio com a filha, onde, certamente ele terá que dividir a atenção entre vocês duas?

Crie vínculos, estabeleça cumplicidade

Aproveite os momentos exclusivos com ele, crie vínculos mais profundos, estabeleça uma cumplicidade entre vocês que transforme essa relação em algo forte e estável. Só nesse momento é que a interferência de terceiros ou quartos elementos não representará mais perigo algum para vocês.

Claro que você, aos 20 anos, deve estar ansiosa por ser assumida publicamente como namorada. Mas tente conter essa ansiedade e aproveite para fazer uma pergunta muito importante para você mesma: você tem certeza que é com ele que quer ficar? Será que está pronta para abrir mão de outras experiências amorosas e ficar com ele? Como você acha que será o convívio com a filha? E com a ex-esposa? Sim, porque elas passarão a fazer parte da sua vida. Filho é para sempre...

Existe a possibilidade de ele não apresentá-la à filha porque não quer uma relação séria com você? Sempre existe. Mas ficar ansiosa e tentar apressar as coisas não evitará que isso aconteça. Muito pelo contrário. Uma pessoa tensa, ansiosa, apavorada perde para uma pessoa bem-humorada, confiante e com boa autoestima. Então, confie em você, invista na relação a dois e espere o momento certo para que as coisas aconteçam. Você só tem 20 anos e uma vida inteira pela frente. Evite agir como se estivesse vivendo sua última chance de ser feliz.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um psicólogo e não se caracteriza como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    amor

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.