imagem de capa

Autoconhecimento

Autoestima

Você realmente se respeita?

Os “vilões” que surgem em sua vida são reflexos de uma parte sua não luminosa

14 ago, 2019

As pessoas tratam você da forma como você se trata.

- Como assim?

Pode dizer alguém que tenha sido agredido, atacado ou injustiçado por alguém.

Muitas vezes não percebemos que agimos de forma muito pouco amorosa com nós mesmos.

4 atitudes desrespeitosas consigo mesmo:  

1ª - Que nos DESRESPEITAMOS, sempre que exigimos demais de nós.

2ª - Que nos AGREDIMOS ao nos criticar, ao nos menosprezar, ao nos desqualificar.

3ª - Que nos INJUSTIÇAMOS ao exigir de nós mesmos o que não estamos prontos para dar.

4ª - Que nos TRAIMOS ao nos obrigar a fazer o que não queremos, para agradar alguém. Nos traímos quando esquecemos quem de verdade somos.

Então, impulsionado pelo amor que tem por nós, o Universo coloca em nosso caminho alguém que reflete exatamente isso. Assim surgem os "vilões" em nossas vidas.

Se não temos consciência, culpamos "o outro" e vestimos a capa da vítima. Mas quando começamos a despertar do estado de sonho que entorpece nossa percepção, olhamos para o outro com atenção, buscando a parte de nós mesmos que está se manifestando lá.

- Puxa... Por que atraí essa pessoa que está me tratando dessa forma? Então começamos a nos libertar. Percebemos com clareza aquela mesma energia em nós, descobrimos
o que precisamos curar, e isso é incrivelmente poderoso.

Preste atenção aos seus relacionamentos. Aprenda com tudo o que você sentir a partir deles. A única maneira eficaz de viver relacionamentos genuinamente amorosos, é purificar suas emoções, limpar as águas emocionais, até que esse lago que você carrega no centro do peito seja translúcido e pleno de amor.


É Psicóloga Clínica, atua numa abordagem transpessoal. Seu trabalho é direcionado a favorecer o autoconhecimento e a transformação das crenças limitadoras que nos mantêm aprisionados a padrões repetitivos de escolhas. É escritora, publicou 'Gente que mora dentro da gente' e o best-seller 'Palavra de Criança' pela editora Pensamento

O que você achou do novo Vya Estelar?