DESTAQUES

O passo-a-passo do café da manhã dos deuses

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Coma sem pressa, de pijama mesmo

por Rosa Fonseca

Café da manhã: ovo mexido deve ser cremoso e homogêneo e não pode faltar!

Pense naquela cena típica das novelas do Manuel Carlos: a família reunida em torno de uma mesa florida, tomando um café da manhã digno de hotel.

Na mesa, pão fresquinho, queijo, manteiga (nunca margarina!), mel, frutas, leite ou iogurte, chá ou café, suco, ovos, cereal, frios e até um docinho, como um rocambole ou até um manjar coco... Delícia!

Uma pena que na maioria dos dias já acordo atrasada para sair para o trabalho. Dá tempo de engolir um café com leite e um pão de forma com requeijão, e olhe lá.

Mas Deus inventou o domingo, dia no qual se permitiu um merecido descanso – e a-q-u-e-l-e café da manhã, creio eu. Todo mundo merece se dar um, ao menos de vez em quando. Pode ser na rua. Mas confesso que quando quero curtir um dolce far niente, não desejo tirar o pijama até o meio-dia. A ideia de me arrumar e dirigir cansa. Enfrentar fila para estacionar, pra sentar, pra pegar comida, pra pagar... dá até desânimo.

Poucas coisas são mais fácies e rápidas de fazer do que comida de café de manhã. Não requer prática ou habilidade. Por isso, convido você, leitor, ainda neste domingo, a se dar um café dos deuses. O passo-a-passo do cardápio vai abaixo:

Cerca de dois dias antes

- Compre suco de laranja fresco (à venda nos supermercados). Se preferir, substitua por água de coco (as caixinhas estão cada vez melhores).

- Providencie muffins, donuts ou algum tipo de pão doce. Ou bolo. Quando mais simples melhor, como os de fubá, milho, coco ou de fruta. Semana passada dei a receita de um bolo de banana, que cai como luva para a ocasião (veja aqui).

- Compre queijos e frios de sua preferência – e manteiga de verdade.

- Se for fã, arranje um bom iogurte. Pessoalmente, recomendo coalhada (dá para comprar pronta), servida num taça com mel e uma paçoca amassada ou nozes picadas por cima. Vale experimentar!

- Para ficar mais sofisticado, você pode servir uma torta, quiche ou empadinhas. Como fazê-las dá trabalho, sugiro comprar. Outra opção é fazer uma torta rápida de liquidificador (veja receita neste link no final da página).

- Compre suas frutas preferidas. Para facilitar, você pode comprá-las já cortadas, em hortifrutis e supermercados. Se for do tipo que não come frutas de manhã, lance mão de um substituto como um iogurte batido com morango, uma geleia artesanal ou frutas secas, como ameixa ou damasco.

- Comer cereal é um bom hábito. Se não gostar, tente inclui castanhas no seu café. Creme de avelã, pasta de amendoim ou um bolo de nozes são bons substitutos.

No dia

- Use uma toalha de mesa especial. Se possível, um vaso com flores. Se você tiver a sorte de morar um lugar quente, você pode montar a mesa ao ar livre.

- Ligue o forno. Enquando providencia leite e/ou café e/ou água quente para chá, mantenha seus pães aquecendo. E tire a manteiga da geladeira.

- Ovos não podem faltar, de preferência mexidos (veja como fazer aqui).

- O pulo do gato? Panqueca! É sempre um hit. Pode ser na versão brasileira (hoje tem massa vendida pronta; basta rechear e pôr no forno), recheada de queijo e presunto, goiabada com catupiry, banana com doce de leite... Ou pode ser a versão americana. Para fazer:

Ingredientes (para 4 pessoas)

- 1 e ½ xícara (chá) de leite
- 1 ovo
- 2 colheres (sopa) de manteiga derretida ou margarina
- 1 xícara (chá) de farinha
- 1 colher (café) de sal
- 1 colher (chá) de açúcar
- 1 colher (café) de fermento químico

Preparo: bata tudo no liquidificador. Leve ao fogo uma frigideira antiaderente untada com manteiga. Encha uma concha pequena de massa e despeje na frigideira, formando círculos de massa, com cerca de 2 cm de distância um do outro. Em cerca de 1 minuto, vire com uma espátula e deixe dourar do outro lado. Sirva imediatamente, puro, com mel ou compota de frutas.

Sirva com carinho e o principal: coma sem pressa, de pijama mesmo. Vale conseguir um jornal ou revista e desfolhar vagarosamente, como Caymmi faria. Se puder e gostar de dormir até tarde, taí boa desculpa para elevar seu café ao posto de brunch, que já vale como almoço, e se despreocupar em fazer comida de novo.

Aproveite. Bom apetite!




Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.