DESTAQUES

Ações para prevenir o alcoolismo no jovem

Danilo Baltieri 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Danilo Baltieri

"Consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode induzir quadros de ansiedade e de depressão que, por sua vez, favorecem ainda mais o consumo de álcool"

No texto anterior (veja aqui), expliquei os riscos que o álcool pode causar à saude do jovem, inclusive no seu desenvolvimento cognitivo. Agora vou falar sobre a prevenção do alcoolismo nessa faixa etária.

Complexas decisões sobre iniciar e manter o consumo de bebidas dependem de vários fatores que atuam em conjunto. Por exemplo, predisposição genética, aliada às mudanças cerebrais nessa fase da vida e visão positiva do consumo de bebidas por pares e familiares são ingredientes amplamente insalubres na determinação do uso de álcool.

Também, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode induzir quadros de ansiedade e de depressão que, por sua vez, favorecem ainda mais o consumo de álcool.

Intervenções para prevenir o consumo:

a) Ambientais

- Aumentar a taxação sobre a venda de bebidas alcoólicas;

- Leis mais eficazes para impedir venda e consumo de bebidas alcoólicas por menores de idade;

- Leis eficazes para impedir comportamentos associados ao consumo de bebidas, tolerância zero ao consumo de bebidas nessa faixa etária;

- Programas para coibir disponibilidade comercial e social de bebidas alcoólicas para jovens são recomendadas por fortes instituições de saúde, tais como o National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism, Institute of Medicine, National Research Council (NRC), dentre vários outros inclusive nacionais.

b) Individuais

- Programas de orientação e prevenção em escolas e ambientes de trabalho, tanto para jovens, adultos, pais; orientação de pais sobre o padrão de consumo de bebidas; esforços comunitários no sentido de orientação, prevenção e educação. Participação de grupos religiosos nessa empreitada tem sido bastante importante.

Eu reiteradamente tenho escrito aqui no Vya Estelar sobre possíveis orientações para os pais que têm filhos jovens envolvidos com o consumo de álcool e de outras substâncias.

Para mais informações, ofereço esta interessante referência:

Centro de Informações sobre Saúde e Álcool (CISA). Como falar sobre uso de álcool com seus filhos. Disponível em: http://www.cisa.org.br/materiais

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra Dr. Danilo Baltieri responderá questões ligadas à dependência química e vícios: drogas, álcool, cigarro e psicotrópicos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Danilo Baltieri

Médico psiquiatra. Mestre e doutor em Medicina pelo Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Atualmente é coordenador geral do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas do Instituto de Psiquiatria da FMUSP (GREA-IPQ-HCFMUSP).Tem experiência em Psiquiatria Geral, com ênfase nas áreas de Dependências Químicas.



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.