DESTAQUES

Minha filha não quer ir à escola de jeito nenhum. Qual pode ser a causa?

Blenda de Oliveira 01/01/2016 PSICOLOGIA
De modo geral as crianças gostam de ir à escola

por Blenda de Oliveira

"Minha filha tem sete anos e não quer saber de ir para escola. Quando vai dando o horário, ela se tranca no quarto ou começa a chorar desesperadamente. Quando consigo sair do portão, ela se joga no chão e quando consigo chegar até a escola, ela não entra na sala de aula por nada nesse mundo. Estou levando ela no psicólogo e dando florais. Não sei mais o que fazer"

Resposta: Você já esteve na escola? Seria muito importante um trabalho conjunto entre a escola, a psicóloga e a família. Sozinha você e sua filha talvez demorem mais para conseguir melhorar essa situação. Alguns fatores podem estar colaborando. O mais comum são uma recusa da criança em deixar a casa, às vezes, por resistência ao próprio crescimento ou quando há uma irmão menor ou, ainda, quando há conflitos importantes entre o casal.

Outra possibilidade é da escola não ser adequada para ela, seja por que não foi suficientemente receptiva ou algo tenha acontecido sem que os cuidadores tenham dado conta.

A idade dela coincide com um período de maior exigência quanto à alfabetização e, portanto, a escola deixa de ser o lugar para brincar e se torna um lugar "mais sério" (não é assim, mas muitas crianças sentem dessa forma). Por isso seria importante que você junto com a psicóloga investigassem melhor como estão três aspectos:

1- socialização;
2- aspectos pedagógicos;
3- como está lidando com os momentos de maior frustração. Por exemplo, com o fato de nem sempre estar de acordo com o grupo ou com o que é esperado pela escola do ponto de vista da aprendizagem. Às vezes a criança não se sente aceita ou se cobra muito, decorrendo daí um enorme estado de frustração. Como a criança ainda não tem maturidade suficiente para dimensionar a realidade, pode tomar suas pequenas dificuldades como sendo algo de sua total responsabilidade.

Um outro ponto a se considerar, mas não antes de explorar melhor com a escola que ela está, é a possibilidade de uma mudança de escola.

De qualquer forma, a escola é um lugar muito importante que deve ser investido para que sua filha possa aproveitar e mudar o conceito da escola como um lugar aversivo e pouco divertido.

De modo geral as crianças gostam de ir à escola, quando rejeitam, quase sempre deve-se a fatores mais externos a ela do que internos.

Boa sorte!

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Qual o preço de se buscar a perfeição?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.