DESTAQUES

Internet: um desafio para a educação

NPPI - Núcleo de Pesquisa da Psicologia em Informática (PUC SP) 01/01/2016 PSICOLOGIA
Internet parece fazer parte do DNA das últimas gerações

por Maluh Duprat - psicóloga do NPPI

Em tantas e polêmicas discussões em torno dos usos benéficos e maléficos da Internet, especialmente por crianças e adolescentes, sempre vem à tona a preocupação dos pais em exercer algum controle sobre a quantidade e a qualidade de acessos, desde que a rede alcançou as dimensões planetárias que hoje apresenta, permeando a vida da maior parte da humanidade.

O carro-chefe dos questionamentos e inquietudes é a educação. É com ela que os pais se preocupam quando sentem que a Internet exerce um domínio sobre seus filhos que eles parecem estar perdendo, como a um inimigo virtual, abstrato, difícil de conhecer e controlar, que não para de crescer. E ele está lá, dentro de casa, trazido inclusive pelos próprios pais, que também fazem uso dele! Que paradoxo, não? E ainda que não estivessem dormindo com o inimigo, ele está por toda a parte, implacável e irrecusável.

Outro aspecto curioso, é que o problema levantado não é visto como tal pelos próprios filhos, que navegam com a maior naturalidade por essas águas cristalinas. Nasceram nelas! A Internet parece fazer parte do DNA das últimas gerações, que estabelecem com ela uma relação tranquila e rotineira, na maior parte das vezes.

Os valores morais e éticos, o conhecimento das artes e das ciências que até anos atrás eram prerrogativa atribuída às famílias e às escolas, hoje concorrem com uma nova forma de ver o mundo, de se relacionar com as pessoas, de ter acesso a todo tipo de conteúdo a qualquer tempo, em qualquer idade. É como se a evolução humana, o processo de amadurecimento, a permanência das coisas aos olhos das gerações pré-internet estivessem efervescentes, um vulcão pronto para entrar em erupção. Se isso não é um problema para a geração nativa, certamente é um imenso desafio para seus antecessores.

Educação, assim, não é uma palavra que se aplica apenas àqueles que estão em formação e idade de crescimento, como costumamos conceber. Educação é para sempre, nos formamos a cada dia, diante das novas circunstâncias que se apresentam. Crescemos com nossos filhos, por isso a espécie se reproduz, para que a evolução não pare. Não podemos esperar que as gerações que se seguem apenas copiem o que já foi produzido, mas que inovem, que inventem, que nos desafiem com suas conquistas, que nos coloquem na parede e ensinem para nós a que vieram.

Que os pais encarem os riscos e potenciais da Internet como um grande presente, uma ótima oportunidade para discutir e compartilhar com seus filhos os avanços humanos que se renovam sempre, sem abrir mão dos valores eternos, que nunca morrem.




NPPI - Núcleo de Pesquisa da Psicologia em Informática (PUC SP)

NPPI - Núcleo de Pesquisa da Psicologia em Informática - PUC - SP Mais informações: http://www.pucsp.br/nppi



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.