DESTAQUES

Era animado para trabalhar, mas perdi o pique

Rosemeire Zago 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Rosemeire Zago

"Há uns quatro anos sinto certa resistência para acordar e ir para o trabalho. Existe alguma solução para a minha preguiça?"

Resposta: O que você sente em relação ao trabalho é preguiça ou por algum motivo não está se sentindo motivado? Há quanto tempo está nesse trabalho? É algo que você gosta? Te traz satisfação? A resistência que relata para ir trabalhar parece estar mais relacionado à insatisfação com o que faz do que preguiça.

Em que época de sua vida o trabalho lhe trazia satisfação? Pense sobre o que tem acontecido nestes últimos 4 anos. Você relaciona com alguma outra situação em sua vida, ainda que em outra área? Como está sua vida afetiva nesses últimos anos? O que tem feito por você? O mais indicado é analisar todos esses fatores e principalmente seus sentimentos em relação a tudo isso, para que consiga identificar a causa de sua insatisfação e assim, conseguir mudar aquilo que sente desejo em fazer diferente.

Sentimento de impotência e desânimo para desempenhar tarefas do cotidiano. Quais seriam as causas?
Estou me sentindo impotente diante das coisas. Eu consigo pensar e não consigo fazer, vou deixando tudo para depois e no fim não faço nada. Gostaria de saber a razão deste desânimo. Estou com algum tipo de depressão?

Resposta: As causas podem ser infinitas e para identificá-las é preciso explorar seu histórico de vida. Você pode começar fazendo algumas perguntas a si mesmo e ouvir as respostas. Quando começou a se sentir assim? O que estava acontecendo em sua vida? O que tem feito por você? O que tem te deixado frustrado, insatisfeito? O que lhe dá prazer?

Para saber se está com depressão o mais indicado é fazer uma consulta com um psicólogo ou psiquiatra.

Atenção!

As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento




Rosemeire Zago

Psicóloga com abordagem junguiana com especialização em psicossomática. Desenvolve uma abordagem voltada para o autoconhecimento e criança interior.



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.