DESTAQUES

Acelerar metabolismo não é garantia de emagrecimento

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Adriana Kachani

A palavra metabolismo sai com tanta facilidade de nossas bocas. E seus derivados também: metabolizar, metabolizado, entre outros. A maioria de nós nem sabe direito o que elas querem dizer. Eu não sabia.

Quando entrei na faculdade de nutrição as pessoas falavam tanto nessas palavras, com tanta naturalidade, que eu tinha vergonha de perguntar o que elas significavam exatamente.

Uma vez me armei de coragem e perguntei a um professor, que me respondeu: “É a forma como os alimentos e nutrientes são processados no nosso corpo.” Na época, a resposta me satisfez. Hoje, procurando no dicionário Houaiss encontro que metabolismo é “o conjunto dos fenômenos químicos que transformam matéria em energia num ser vivo”. Talvez o Aurélio seja mais claro; “conjunto de fenômenos físicos e químicos que produzem substância viva organizada e, também do que levam, no organismo, à conversão de substâncias em produtos a serem excretados”. Mas ainda prefiro a explicação simples de meu professor.

De qualquer forma, temos que saber que tudo que ingerimos é quebrado em partículas minúsculas através do processo de digestão. Essas partículas vão ser aproveitadas, muitas vezes transformadas para formar energia e manter-nos vivos. É isso. Parece fácil, mas muitas coisas e situações podem influenciar neste mecanismo, por exemplo:

• Idade: quanto mais velhos ficamos, mais lento se torna nosso metabolismo;

• Menopausa: está relacionada com idade, mas também com as mudanças hormonais que ocorrem neste período;

• Hipotiroidismo: a doença se manifesta pela diminuição da produção dos hormônios da tireóide, hormônios esses responsáveis justamente pelo bom funcionamento do metabolismo;

• Outras situações especiais, como erros inatos do metabolismo, podem diminuir o metabolismo de alguns nutrientes específicos.

Mas quando estamos de dieta, a questão toda é como acelerar nosso metabolismo a fim de gastarmos mais energia. A pergunta ainda não está esclarecida pela literatura científica. Caso estivesse, seria a chave de todos os nossos problemas, não é? Mais ou menos, de nada adianta acelerar o metabolismo e continuar comendo uma quantidade energética elevada. Acelerar o metabolismo pode ser uma forma de ajudar a dieta, desde que a dieta seja levada a sério!

O fato é que levados a analisar certas situações patológicas onde a temperatura corporal se eleva (febre, por exemplo) e emagrecemos, alguns cientistas começaram a supor que alguns alimentos poderiam elevar a *termogênese corporal e, consequentemente, aumentar efeitos metabólicos.

É o caso das proteínas. Parece que elas poderiam aumentar a temperatura corporal e assim, aumentar o metabolismo também. Mas atenção: isso não significa que uma dieta de proteínas seja a melhor. As dietas devem ser balanceadas, pois cada grupo de alimentos tem sua função biológica. Deve-se lembrar que alguns tipos de proteínas, apesar de serem termogênicas, podem ser também muito calóricas e prejudiciais na qualidade de suas gorduras, como é o caso de algumas carnes vermelhas mais gordurosas.

Outros alimentos que podem ser termogênicos, e neste caso sem a adição de calorias derivadas de gorduras são as pimentas. Quem nunca comeu um alimento apimentado e sentiu aquele “calorzinho” no corpo? Pois é, esse calor indica que a pimenta seja capaz de aumentar o metabolismo.

A cafeína também se mostrou ótima ativadora do metabolismo. Mas não vale se entupir de chocolate e depois dizer que foi recomendação da nutricionista! Nem tomar café o dia inteiro, com açúcar, que vai engordá-lo também. Estou falando de chás de cor escura, por exemplo chá mate, chá preto e o melhor de todos: chá verde, que além de acelerar o metabolismo é riquíssimo em antioxidantes.

Alimente-se de três em três horas

Outra forma de ativar o metabolismo é alimentar-se de três em três horas. Quando fazemos um jejum prolongado, nosso organismo entra em estado de alerta, para poupar energia, trabalhando assim, mais lentamente. Fazer lanches a cada três horas é exatamente o que o nome diz: LANCHE, um a refeiçãozinha pequena, que pode ser uma fatia de pão integral com queijo magro, um iogurte desnatado, um punhado minúsculo de nozes e outras oleaginosas, um pedaço pequeno de bolo simples caseiro, uma barra de cereais, três bolachas de água e sal, entre outros.

A atividade física também aumenta muito o metabolismo. E esse é um dos motivos que se fala tanto em dieta + atividade física para perda de peso e alimentação saudável em geral. Quanto mais músculos temos, maior o metabolismo corporal. Sendo assim, a atividade física aeróbica é ótima para condicionamento físico e até para perda de peso em situações especiais (fale com seu treinador para melhores explicações), mas sabe-se que nada como a atividade de força, principalmente a musculação, para otimizar seu metabolismo.

Mas lembre-se que metabolismo aumentado pode significar também desidratação. Assim, não se esqueça de tomar MUITA ÁGUA, para que se possa contrabalancear esse efeito adverso e emagrecer de forma saudável.

*Termogênese: produção de calor nos seres vivos




Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.