DESTAQUES

Por que não consigo ser fiel mesmo estando bem na relação?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Para algumas pessoas um parceiro é pouco

por Anette Lewin

"Nunca consigo parar apenas com um homem. Sempre saio com outros... Mesmo sem motivo aparente, não consigo ser fiel, mesmo estando bem na relação, não me entrego inteira."

Resposta: Será que alguém se entrega "inteira" numa relação? Ou cada relação tem uma dinâmica própria onde existem momentos de maior entrega e outros de maior relutância? Será que querer vínculos afetivos simultâneos é necessariamente sinal de que há algo errado com a pessoa?

Vamos refletir sobre isso.

Existem pessoas que se sentem completas com apenas um parceiro e outras para as quais um só parceiro é pouco... Mesmo que em nossa sociedade a relação monogâmica seja a mais aceita, nem todos se dispõem a compactuar com ela. Homens ou mulheres.

Por quê? Porque a segurança proporcionada por uma relação estável e a mobilização gerada por novas conquistas amorosas são sensações complementares. A maioria das pessoas gostaria de vivenciá-las simultaneamente. Mas a regra da monogamia impõe a escolha: ou um ou outro.

Aí, existem os conformados e os inconformados; os que aceitam as regras como diretriz da sua vida e os que as questionam. Você, no fundo está questionando a regra que, afinal, foi feita sem a sua participação.

Tente entender qual o significado da parceria amorosa simultânea para você. Seu objetivo é trair ou você se interessa por vários homens ao mesmo tempo? Se você sente necessidade de trair quem está com você por impulso, pode ser que ainda esteja na fase adolescente da contestação onde, visando uma diferenciação ou uma autoafirmação as pessoas são contra qualquer regra imposta.

Pode ser tambem que você tenha sido (ou se sentido) traída em algum relacionamento e resolveu vingar-se traindo primeiro. Ou, quem sabe, você seja uma pessoa insegura que acha que o homem que escolheu você não deve ser grande coisa e merece ser traído.

Enfim, existem muitas explicações para a traição por impulso, em geral, relacionadas a uma fragilidade emocional de quem trai. Se você se sente assim, incomodada e culpada com esse seu comportamento o melhor é procurar uma terapia.

Agora, pode ser que você seja uma pessoa que se interessa por vários homens ao mesmo tempo e, como em nossa sociedade fica difícil administrar relações abertas, prefere concretizar suas necessidades através da traição. Ou melhor, escolhe trair seu parceiro para não trair seu desejo. Se assim for, entenda que desde que saiba administrar vários relacionamentos ao mesmo tempo, sinta-se bem assim, essa escolha não atrapalhe sua vida e esteja disposta a arcar com os riscos desse tipo de parceria (por exemplo, ser descoberta); seu comportamento passa a ser entendido como uma preferência e não como uma patologia.

Toda sociedade tem regras de comportamento baseadas no que ela entende que seja o melhor para seus cidadãos. Dentre essas regras porém existe uma variação no risco que se corre ao desrespeitá-las. Cabe a cada pessoa que optar pela transgressão avaliar esse risco e decidir se suporta ou não suas consequências.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Qual o preço de se buscar a perfeição?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.