DESTAQUES

Redes sociais: posts e selfies podem produzir efeitos danosos aos relacionamentos

Eduardo Yabusaki 01/01/2016 PSICOLOGIA
Redes sociais não deveriam se sobrerpor à interação cara a cara do casal

por Eduardo Yabusaki

Não podemos deixar de considerar que as redes sociais estão presentes em nosso cotidiano e consequentemente em nossos relacionamentos interpessoais. Ignorá-las não resolve, bem como apenas saber de sua existência não é o suficiente para não sofrer sua influência.

É preciso que se reflita sobre como elas atingem e influenciam as pessoas. Ou seja, como cada um a utiliza ou permite que essa invada sua vida e consequentemente seu relacionamento amoroso.

Lutar contra é impossível, porém, pode-se estabelecer condições e limites (evitar mancadas) para que essas não venham a se tornar geradoras de conflitos entre o casal.

Pela minha prática clínica, constato queixas recorrentes de meus pacientes em relação ao mau uso das redes sociais. Bem... vamos a elas!

Cinco mancadas nas redes sociais que podem prejudicar seu relacionamento:

1ª) Comentar fotos postadas pelo ex em que este (a) estejam

Situação que certamente gerará desconfiança ou incômodo ao par. Afinal, quem gosta de receber notícias de ex-relacionamentos da pessoa amada?

2ª) Comentar posts de amigos

Isso em situações que possam incomodar o par. Exemplo: o amigo(a) posta um selfie rodeado de garotas(os) numa balada dizendo sentir a sua falta, e você ainda completa comentando: queria estar nessa com você! Certamente isso provocaria um rebuliço no seu relacionamento. Afinal, você quer ir para balada sozinho ou estar com o seu par?

3ª) Postar fotos com o seu par

Isso pode gerar comentários de pessoas não tão bem intencionadas. É preciso que ambos tenham segurança e clareza de que nem todos querem bem ao casal. Portanto, podem surgir comentários desde "casal lindo" bem como "ainda estão juntos?". Dependendo de quem faça o segundo comentário, um(a) pretendente de qualquer uma das partes, pode ser o suficiente para gerar intrigas e conflitos entre o par. Se não estiverem num bom momento, então pode ser ainda pior.

4ª) Manter conversas muito prolongadas com amigos

Por mais amigos que sejam, isso pode gerar ciúme. Afinal, tempo gasto com essas conversas podem reduzir o tempo de convivência do par. O que de fato pode acontecer quando ambos trabalham e estudam, por exemplo: o tempo durante a semana fica bastante reduzido, e as poucas horas em que não estão dormindo, precisam ser dedicadas ao relacionamento.

5ª) Acessar redes sociais por muitas horas

Isso pode interferir na qualidade da convivência entre o par. Quando saem para jantar ou se divertir e o outro fica o tempo todo acessando pelo celular: Facebook, Instagram Twitter etc. Mas não necessariamente para postar, mas para se manter informado. Isso pode se tornar entediante para o parceiro.

Enfim, a tecnologia está aí e faz parte de nossas vidas. Entretanto, não pode ser mais importante que a interação cara a cara do casal. Portanto, curta e usufrua da tecnologia, porém jamais se escravize. Viva sua vida a dois com toda intensidade, amor, prazer e alegria, só assim ela terá sentido e valerá a pena!




Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br



ENQUETE

Quem não tem cão caça com o “ex”, que está receptivo. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.