DESTAQUES

Grande diferença de idade acelera desgaste na relação?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Diferença de idade não traz desgaste em si, mas um desconforto ...

por Anette Lewin

"Tenho 23 anos e meu namorado 42. Há alguma possibilidade de ocorrer uma decepção com ele com o passar dos anos devido à diferença de idade?"

Resposta: Qualquer relação amorosa, passada a fase da paixão, pode trazer alguma desilusão. A diferença de idade, por si só, dificilmente trará maiores decepções.

Essa diferença pode trazer apenas alguns desconfortos mais específicos desse tipo de vínculo, como por exemplo divergências de interesses no campo do lazer, necessidade sexual e outros.

Como driblar a diferença de idade?

O que faz a diferença é como o casal lida com essas divergências. Se cada um conseguir se colocar no lugar do outro e respeitá-lo não há diferença de idade que possa atrapalhar. Agora se cada um se concentrar apenas nos seus interesses e não for capaz de negociar, a relação se tornará pesada. E muitas vezes, a culpa será jogada na diferença de idade.

Parece óbvio? Pois é. O sucesso no jogo do amor, apesar de parecer tão complicado se baseia nessas pequenas regras óbvias e quase banais. Que muitas vezes são esquecidas e trocadas por outras que envolvem culpados e inocentes, mais velhos e mais novos, melhores ou piores. Em qualquer jogo cada tem sua vez de jogar, e o respeito a essa regra básica determina seu sucesso. Por que no jogo do amor seria diferente?

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.