DESTAQUES

Mãe é muito exigente com a filha nos estudos. Isso desmotiva a criança?

Blenda de Oliveira 01/01/2016 PSICOLOGIA
Estudar é um ato de conhecer, é usar a curiosidade

por Blenda de Oliveira

"Estou muito preocupada com a minha neta. Ela e a mãe moram comigo. Percebo que a mãe cobra muito dela. O estudo pra ela não está sendo prazeroso e sim um castigo. Ela é muito inteligente, tem 9 anos e está na quarta série. O que devo fazer?"

Resposta: De fato a rigidez e a exigência nos estudos para uma criança de 9 anos me parece pouco adequadas.

Estudar é um ato de conhecer, é usar a curiosidade, é transitar por diversos mundos com o prazer da aquisição do autoconhecimento e do conhecimento. Os pais exigem dos filhos, muitas vezes, o que queriam para eles ou que os filhos realizem seus sonhos.

Seria muito importante mostrar para sua filha que a forma que adotou para "motivar" a filha, está levando exatamente ao contrário. A tendência é piorar se assim prosseguir. As crianças precisam brincar e, enquanto brincam, aprendem, elaboram seus pensamentos, descobrem e fortalecem sua autoestima. Pode ser, se assim continua, que sua neta comece a decair no rendimento ou mesmo mudar a boa relação com a escola. Lugar esse tão importante.

Você teria condições de conversar com sua filha?

A escola tem percebido essa desmotivação?

Às vezes uma das vias para os pais entenderem que certas atitudes apontam na direção oposta ao aprender, é por meio da escola. Talvez sua filha ouça com mais tolerância o que a escola tem a dizer do que a você. Embora pense que vale a pena tentar.

Há artigos muito interessantes sobre o que motiva o aprender e sobre o papel do brincar. Você poderia acessar alguns e oferecer a sua filha como colaboração para o desenvolvimento psicológico e cognitivo da sua neta. Será uma possibilidade?

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

A morte trágica da bancária Lilian Jamberci, vítima do "Dr. Bum Bum", trará à luz uma reflexão sobre o vício da vaidade?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.