DESTAQUES

Marido agressivo: é possível mudar esse comportamento?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Talvez você não esteja conseguindo se fazer respeitar

por Anette Lewin

"Gostaria de saber por que um homem perde a calma e te trata como se você fosse um lixo?"

Resposta: Avaliar esse tipo de comportamento através de um e-mail com poucos dados é difícil. Algumas pessoas podem apresentar agressividade e descontrole exagerado quando bebem ou usam algum tipo de droga e um comportamento muito diferente quando estão lúcidas. Nesse caso o problema estaria mais com ele do que com você. Agora, se esse não for o caso e as agressões forem constantes em qualquer circunstância, algo errado está acontecendo na relação. Ou você não está conseguindo se fazer respeitar e deixando que ele te use para descarregar frustrações pessoais, ou você realmente tem comportamentos inadequados que o irritam. Faça uma avaliação mais profunda antes de tomar qualquer decisão.

Meu marido grita comigo e é agressivo e descontrolado
Ele é muito intolerante. Qualquer coisa que deixo de fazer, como fechar o ralo do banheiro, desligar o micro-ondas é motivo de muitos gritos e palavrões

Resposta: O que você pode e deve fazer é exatamente o que fez através desse e-mail: começar a procurar ajuda para se fortalecer e decidir com mais consciência o que é melhor para você. Num primeiro momento, tente agir de formas diferentes do que você tem agido. Não nos momentos de crise, onde não há o que fazer a não ser calar-se, mas nos momentos de maior estabilidade. Converse sobre outros temas, faça novas observações, elogie o que pode ser elogiado, enfim, tente criar um clima um pouco mais agradável. Se as reações dele melhorarem, ótimo. Se não, procure uma terapia, sim, pois o movimento quem vai ter de fazer é você.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.