imagem de capa

Equilibre-se

Espiritualidade

O que importa não é o Ano Novo, mas o seu novo ano pessoal

Cada ano pessoal é como se fosse um ritmo diferente de música

por Roberto Goldkorn

Todo início de ano é a mesma coisa. Acreditamos que essa fronteira virtual de tempo de fato marca alguma coisa, delimita, encerra e renasce.

Não sei se é bom ou mau que tenhamos quase todos essa percepção ilusória. Mas o fato é um só, quando alguma verdade serve para todos, ela não serve para ninguém! Isso nos deixa a questão seguinte: não existe mudança de ciclo para nós? Entra ano sai ano, e tudo fica do jeito que foi?

Não, claro que não. O trabalho de quase trinta anos com a numerologia mostrou que podemos acreditar em mudança de ciclo anual, mas ... mudanças pessoais?!

Cada um de nós entra num ano “novo” a cada aniversário.

A grande diferença, é que não se trata propriamente de um ano novo, e sim diferente.

Vivemos grandes ciclos de nove anos, e pequenos períodos de 1 ano, que começa sempre no dia do nosso aniversário.

Esses anos pessoais são propícios para umas coisas e não para outras, cada um tem uma “vibração” muito particular que precisa ser “lida” de acordo com os números da própria pessoa.

Mas para efeito de observação podemos fazer um pequeno resumo aqui dos anos pessoais e ensinar a você a calcular o nº de seu ano.

A conta é simples: some os algarismos do seu último aniversário, respectivamente dia, mês e ano.

Por exemplo, eu faço anos em 26 de Janeiro. Assim meu último aniversário foi em 2+6+1+2+0+1+1= 13 (1+3=4) ou seja esse ano eu estive no ano pessoal 4. Coincidentemente faço aniversário no início do ano, começando meu ano pessoal junto com o ano universal. Mas lembre-se o seu ano pessoal só começa no seu último aniversário e terminará no próximo.

Fácil não?

Vamos aos anos pessoais.

AP 1- “Renascer”, depois de um tenebroso inverno (Ano 9). Começar coisas novas, criar, ousar. Iniciar relacionamentos, negócios, fazer coisas (e conhecer pessoas) que nunca fez antes.

Pontos negativos: irreflexão, espontaneidade juvenil, machucar pernas e pés. Se engravidar, se não estiver nos planos triplique os cuidados. O Ano 1 é o ano da fecundação. Energia masculina jovem.

AP 2- Compartilhar, dividir, diminuir a energia avassaladora do ano anterior. A palavra chama aqui muda de Eu/Meu para Nós/Nosso.
Bom para pequenas cirurgias, ou intervenções estéticas/ corretivas.
Gravidez, suporte, associações, conciliações. Feminino/mãe.

Pontos negativos: hesitações, insegurança na tomada de decisões, maior dependência do outro, submissão.

AP 3- Vida social intensa. Ano da “boca”. Comunicação, amizades, exposição da figura. Prevalece a força da coletividade, do grupo, da opinião pública, da aparência. Consumismo. Superficialidade das emoções. Bom para atuar em público, aprender línguas estrangeiras, frequentar.

Pontos negativos: Pele, boca, cabelos. Vulnerável a fofocas e maledicências. Cuidado com gastos inesperados e desnecessários acima da sua capacidade de endividamento.

AP 4 - Trabalho, trabalho, trabalho. Autorrestritivo, limitado, temeroso, avesso ao risco. Pouca criatividade, energia do pedreiro, do mestre de obras. Prazer do trabalho pelo trabalho. Lealdade aos padrões mais conservadores. Apego à carreira. Nível de ambição baixo.
Bom para poupar, construir a casa própria.

Pontos negativos: Ruim para ganhar dinheiro, para iniciativas empreendedoras, para investimentos de risco. Não é recomendável gastos supérfluos, viagens de lazer. Todo o investimento deve ser na carreira, na casa ou na saúde.
Cuidados com ossos e articulações.

AP 5 - Mudança, velocidade, sexo, drogas e rock’n roll. A estagnação do período anterior, é sacudida aqui pela energia mercurial desse período. Mudar de casa, de namorado (a) de local de trabalho, etc. é comum aqui. As relações sejam elas afetivas ou profissionais que não estiverem muito sólidas serão chacoalhadas aqui e podem ruir.

Forte energia sexual, sedução em alta, busca de satisfação dos desejos sensoriais.

Pontos negativos: cuidados com quaisquer excessos! Bebida, comida, drogas, sexo, comportamentos de risco em geral.

Aumentam as possibilidades de acidentes de moto ou carro causados pelo consórcio velocidade & inconsciência.
Pontos fracos hormônios, aparelho urogenital.

AP 6 - Família. Retorno aos assuntos e foco na família, no lar. Preocupações relativas à casa, decorar, reformar, comprar tapetes, cortinas, iluminação. Assumir responsabilidades familiares, apoiar familiares em suas necessidades.
Inclinação pela beleza, tudo o que é esteticamente belo, harmonioso atrai, seduz.

Pontos negativos: narcisismo, refém da família e da própria vaidade.

AP 7- Predominância do intelecto. A energia migra para a cabeça. Fortalece-se o raciocínio, a observação crítica do mundo e das pessoas. Tendências sofisticação e elitismos. Melhora a capacidade de pensar, de processar dados e manter a concentração. Ideal para estudar para concursos. Ideal para planejar o “pulo do gato” financeiro para o próximo ano.

Pontos negativos. Solidão, excesso de arrogância, prepotência, problemas de saúde.

AP 8 - Empreendedorismo. Propício para criar um negócio, uma empresa, para investir e correr risco financeiro. Foco no dinheiro, nas associações com fins lucrativos. Favorece a ousadia empresarial. Justiça, acerto de contas.

Ponto negativo: cobrança, injustiça. Se você está devendo será cobrado, se for credor tem mais chances de receber nesse período.

AP 9 – Fim de festa. Fim de ciclo. Solidão, recolhimento, recuar.

Propício para vender, finalizar, encerrar relacionamentos e associações. Favorável ao aprendizado das perdas, do desapego. Não olhar para trás, não se lamentar do que passou, do que se perdeu. “Deixe que os mortos enterrem seus mortos.”

Aprender a conviver consigo mesmo, escrever, aprender a tocar um instrumento, caminhar sozinho, meditar, aproximar-se da religiosidade ou da espiritualidade.

Não reclamar, chorar, e ter paciência sem querer forçar uma alegria ou uma vida social que não está propiciada.

Bom para fazer cirurgia de extração.

Ponto negativo: em hipótese nenhuma começar negócios novos ou relacionamentos. O mesmo para fecundação (fazer filhos ou engravidar).

Espero que tenha ajudado.

Cada ano pessoal é como uma sala onde se toca um ritmo diferente de música. Quando você sabe antecipadamente qual será o ritmo, poderá dançar de acordo com a música e suas chances de se dar bem serão maiores.

 

 


É escritor e autor dos seguintes livros: "Feng Shui para Brasileiros - A Medicina da Habitação", "Feng Shui - Energia e Prosperidade no Trabalho", "Feng Shui Para Brasileiros - A Cozinha" - todos pela Editora Campus. "Não Te Devo Nada" e "Solidão Nunca Mais" ambos pela Bertrand Brasil.

event 05 abr, 2019

O que você achou do novo Vya Estelar?