DESTAQUES

Ciúme é ao mesmo tempo um sentimento complexo e um complexo de sentimentos

Eduardo Ferreira Santos 01/01/2016 PSICOLOGIA
Sentimento de ciúme não deve ser negado

por Eduardo Ferreira Santos

"Muito ciúme pode levar ao fim do relacionamento?"

Resposta: Sim, de fato, o ciúme excessivo é uma das principais causas de rompimento de uma relação.

O parceiro começa a ficar "irritado" com os questionamentos e "perseguições" e acaba por perder o encanto pela pessoa amada.

Ciúme é um sentimento complexo

A nossa cultura tem uma característica ambígua em relação ao ciúme. Ao mesmo tempo que ele é admirado, por ser associado ao lado do amor e do zelo, ele é odiado por ser associado à posse. As pessoas se veem confusas em relação a esse sentimento. As pessoas se perguntam se é normal sentir ciúme.

O ciúme é ao mesmo um tempo um sentimento complexo e um complexo de sentimentos. Existem muitas coisas envolvidas nesse sentimento. Ele é na verdade um medo, aliado a uma agressividade, aliado a uma desconfiança, aliado a uma eterna dúvida.

Como lidar com o ciúme?

O primeiro momento é o sentimento em si, é eu sentir como eu sinto o ciúme. O segundo momento, é o que eu faço com isso.

Eu reajo a este sentimento de que forma?

Controlando, dando escândalo, com agressividade?

Os parceiros devem conversar, se abrir e entrar num diálogo saudável. Essa e a única forma sublimável de lidar com o ciúme, tentando normatizá-lo. Conversar com o parceiro e procurar entender o que está acontecendo. Procurar verificar se o problema é da pessoa que está com o ciúme.

O outro

- Muitas vezes o ciúme vem não só de mim, da minha dificuldade de lidar comigo mesmo, mas do meu parceiro que age de uma forma que possa favorecer esse ciúme.

Dicas para controlar o ciúme:

1º) Não negar que está com ciúme e conversar com o parceiro.

2º) Em relação ao lado preventivo, tenha como um dos critérios de escolha afetiva, que se o seu parceiro (marido) ou possível namorado (a) manifestar ciúme, isso não é uma coisa legal, porque isso pode virar um inferno. As pessoas às vezes acham que um pouquinho de ciúme é sempre bom, mas uma coisa leve pode se transformar num caos. Os jornais estão cheios de crimes passionais.

Se você não consegue trabalhar com isso sozinha, procure uma psicoterapia.

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra e psicólogo Eduardo Ferreira Santos responderá dúvidas e perguntas sobre os relacionamentos de uma maneira geral, sobre autoestima e conflitos emocionais. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Eduardo Ferreira Santos

Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.