DESTAQUES

Depois que o casal perde o respeito, há chance de tudo voltar a ser como antes?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Anette Lewin

Resposta: Um relacionamento é algo que evolui, se transforma. Muitos casais costumam a enxergar o início do relacionamento como a melhor parte dele e tentam, desesperadamente, como se isso fosse possível, voltar a essa fase ou reproduzi-la como quem reproduz um quadro... Não, não é possivel tudo voltar a ser como antes, com respeito ou sem ele!

Quando você diz "perder o respeito", refere-se a brigas ou a indiferença? Sim, porque brigas, por pior que sejam, sinalizam que o casal ainda luta pelo relacionamento, ainda se esforça para tentar modificar o parceiro por mais dificil que seja, ainda vê uma luz no fim do tunel. E nesse caso pode sim, haver um momento de conscientização em que a relação seja vista como importante e consiga tomar um rumo mais adequado. Apesar das palavras usadas, dos tons altos ou das ofensas!

Embora seja impossível apagar completamente as cicatrizes de atitudes agressivas, elas podem ser neutralizadas através de novas experiências de tom mais agradável e do esforço em comum para que o "construir" seja mais importante do que o "destruir".

Agora, se como perda de respeito você se refere à indiferança, aí o quadro muda. Quando o que o outro faz ou deixa de fazer, diz ou deixa de dizer não causa mais efeito sobre o parceiro, dificilmente a relação poderá melhorar; aí, talvez seja melhor cada um tomar seu rumo e buscar uma nova parceria ou... conformar-se com a solidão a dois. Porque na relação amorosa a indiferença é o ponto culminante da falta de respeito e, geralmente, seu ponto final.

ATENÇÃO: As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.