DESTAQUES

Faço terapia com a mesma terapeuta do meu namorado. É errado?

Rosemeire Zago 01/01/2016 PSICOLOGIA

Por Rosemeire Zago

"Temo que isso influencie nas sessões"

Resposta: Tudo depende da linha que o profissional segue. Em algumas linhas (teoria seguida pelo profissional) é possível duas pessoas próximas fazer com o mesmo profissional, enquanto que em algumas outras linhas isso não é permitido. Se o profissional que vocês escolheram está realizando este trabalho com os dois, creio que seja pelo fato da linha seguida permitir.

Não tenha receio de interferir no trabalho, pois o profissional deve ter ética e sigilo  suficiente para separar cada um de vocês e também o trabalho é baseado na verdade que é de cada um. Por exemplo: pode-se atender dois irmãos separadamente e cada um deles relatar pais de maneira totalmente diferentes, pois cada um relata a sua própria verdade e a maneira como percebe as situações.

Caso você sinta alguma insegurança, o mais indicado é você falar sobre o assunto com o profissional.

Li uma matéria que casais que fizeram terapia de casal acabaram se separando, quais seriam os prós e contras dessa terapia? Vale a pena fazer terapia de casal?

Resposta: O que você leu na matéria depende de cada caso, mas não representa uma regra geral. Muitas vezes o casal acaba se separando quando na verdade um deles, ou os dois, já estavam querendo que isso acontecesse, mas não assumiam isso para o outro e muitas vezes, nem para si mesmo.

Nenhum profissional é apto a julgar, aconselhar, como muitas pessoas pensam que acontece. Pelo fato da pessoa se conhecer mais através do processo e se questionar sobre sua vida, seus valores, seus objetivos, pode concluir que não está feliz com a relação que mantém, e isso sim poderá levar a uma separação conforme se sente mais segura consigo mesma. Mas uma separação ou qualquer outra escolha, nunca se dá pelo fato do profissional ter influenciado, pois toda e qualquer escolha deve ser feita pela própria pessoa, ninguém poderá decidir por ela o que é melhor para sua vida.

Só há benefícios neste processo, mas nem sempre os dois partilham da mesma opinião que um deles pode assumir.

O processo de autoconhecimento, que é o objetivo maior da psicoterapia, sempre é válido para todas as pessoas, seja individual, casal, familiar.

ATENÇÃO!
As respostas dos profissionais desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia ou psiquiatria e não se caracterizam e como sendo um atendimento

 




Rosemeire Zago

Psicóloga com abordagem junguiana com especialização em psicossomática. Desenvolve uma abordagem voltada para o autoconhecimento e criança interior.



ENQUETE

Quem não tem cão caça com o “ex”, que está receptivo. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.