DESTAQUES

Dicas de bem-estar para a melhor idade

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Nicole Witek

Melhor idade! Acorde!

Acabei de dar aulas, fazer palestras e convidar a Melhor Idade – como se diz nas chamadas, ao convidar os passageiros de cabelos brancos no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, para praticar yoga no 9º Cruzeiro Bem-Estar.

Nesse evento anual, minha participação consiste em estar disponível durante uma semana para oferecer aulas de yoga a bordo, como se fosse uma informação, uma degustação, uma iniciação.

A bordo, ministrei palestras, aulas tradicionais de yoga, aulas de conscientização da respiração e aulas para idosos. Para falar francamente, fiquei chocada! Chocada pelo pouco interesse das pessoas da Melhor Idade!

Melhor Idade dê uma lidinha para saber o Melhor que o yoga pode dar a você!

Desfrute da independência

Quando as articulações enrijecem, quando movimenta-se menos, instala-se um estado que prejudica, a cada ano que passa a independência. Essa é uma questão de vida e de morte.

O enrijecimento das articulações, as dores noturnas que podem até perturbar o sono, o sedentarismo, são inimigos da nossa estrutura óssea, dos órgãos, das artérias, das veias, do coração e do cérebro. Não precisa ser um acrobata. Porém, as pessoas têm de ser capazes de se sentar, se levantar e de se deslocar sem chamar alguém para acudir, pois não tem nada mais difícil do que pedir respaldo para pequenas ações do dia a dia.

Curta a flexibilidade

Por essas razões e muitas outras, sabemos que a manutenção da flexibilidade é imprescindível. Manter a flexibilidade da coluna vertebral e a amplitude das articulações é manter uma boa qualidade de vida é ter coringas de primeira classe, para continuar no caminho da realização de todos os projetos.

A flexibilidade, a possibilidade de movimentar o corpo à vontade, fará a diferença entre você e seus amigos. Parece uma evidência, porém rapidamente esquecemos a manutenção da coluna vertebral e das articulações e preferimos os recursos oferecidos pela medicina convencional, esquecendo que os efeitos colaterais podem ser perigosos a longo prazo.

Existe sempre a possibilidade de se praticar uma versão mais leve e gostosa ao mesmo tempo. Você sempre encontrará um professor com qualificação para ensinar práticas que promovam o bem-estar.

Treine a concentração e memória

As aulas de yoga promovem um estado de atenção focada. Esse momento de atenção redobrada é uma oportunidade única para seus neurônios.

Sabemos hoje que a visualização é uma ciência que ajuda na programação de novas pontes neuronais quando ocorre a desativação de uma delas. Uma aula de yoga promove visualização e memorização, essas duas aptidões são importantíssimas para sua saúde. Foi comprovado que a atenção concentrada multiplica por 100, por 1000 os efeitos benéficos das práticas*.

A plasticidade (adaptação) cerebral é a grande descoberta dessa década. Informe-se e treine. A melhor forma de treinar é desfrutar do seu corpo e da sua mente de maneira prazerosa: sensação de habitar o corpo com leveza. O prazer é a chave da saúde do seu cérebro. Ele favorece a produção de dopamina, hormônio necessário para o funcionamento adequado dos seus neurônios. O yoga alia trabalho de articulação com prazer de viver e curtir a vida.

Encontre um estado de bem-estar físico e mental

Os professores estão à sua disposição para você experimentar um estado especial de bem-estar, onde os músculos e nervos estão relaxados, os órgãos internos massageados, o coração tranquilo e a mente serena. O relaxamento consciente promove uma melhor pressão arterial relaxando a musculatura da rede circulatória, entre outras. Surpreenda seu médico alterando todas as suas taxas e todos os seus parâmetros vitais de maneira natural.

Dicas de bem-estar

– nunca pare de aprender, regularmente e durante toda a vida, coisas novas e assuntos novos;

– fique longe das poluições química e sonora;
– nunca desanime, pois o corpo sempre aprende e pode melhorar;

– entenda que os remédios têm efeitos temporários, nunca poderão substituir o exercício;

– evite a alteração da pressão arterial, o diabetes, o colesterol, o fumo, que são inimigos do cérebro e da plasticidade neuronal;

– aprenda a gostar dos alimentos antioxidantes, da atividade física, da calma, da gentileza, do rir, da empatia, que favorecem a boa saúde do cérebro.

Esse texto de hoje apresenta alguns motivos para você começar imediatamente a avançar. A sua independência tem um custo: investir um pouco do seu tempo.

Melhor Idade, nunca é tarde demais, ao contrário, comece já e sinta-se Bem Melhor!

* pesquisar na internet a palavra “neuroplasticidade” para ir além da leitura deste texto, ler sobre o trabalho de Michael Mezernich,e/ou o livro de Norman Doidge sobre os recursos do cérebro.




Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Você sente dificuldade de sair de um relacionamento abusivo?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.