DESTAQUES

Cinco táticas que facilitam a busca de um novo amor

Eduardo Yabusaki 26/01/2017 COMPORTAMENTO
Cinco táticas que facilitam a busca de um novo amor
Fonte: imagem Pixabay
Medo de rejeição pode nos fazer perder boas oportunidades para amar

por Eduardo Yabusaki

Depois de um tempo envolvido em um relacionamento, é natural que se tenha dificuldade em buscar um novo envolvimento.

Seja qual for o motivo que tenha levado à ruptura do relacionamento anterior, nem sempre é fácil sair em busca de um novo par.

Seja por despreparo, insegurança ou mesmo dificuldades em paquerar e conquistar alguém, esse processo pode ser cansativo e desmotivador. Assim, é preciso avaliar se não se vive um quadro de depressão que dificulta ainda mais a situação.

O que pode delinear um suposto quadro de depressão, é quando você se sente permanentemente desanimado, sem forças para a rotina do dia a dia e deixa de fazer coisas essenciais. Tristeza constante, mau humor, cansaço... Enfim, se perceber que não está bem, não hesite em procurar um psiquiatra ou psicólogo, só eles poderão avaliar se é mesmo uma depressão ou não.

Excluída a depressão ou devidamente tratada...

Siga cinco caminhos que facilitam a busca de um novo amor:

1.  Exponha-se socialmente

Pense que para estar com pessoas e ter oportunidade de conhecer alguém interessante, é preciso se expor socialmente. Não pense que isso irá simplesmente acontecer, temos que buscar ou provocar situações em que isso tenha maior probabilidade de acontecer.

2. Paquera: qualquer lugar é lugar

Procure identificar situações em que se sinta mais tranquila e confortável. Qualquer lugar que tenha gente pode ser o local ideal para iniciar uma paquera (livraria, cafés, academias, cursos...). Se prefere um ambiente menos agitado, não vá para baladas achando que será uma situação favorável, busque situações menos 'bagunçadas'.

3. Não busque com obsessão 

Não pense que de cara na primeira situação vá conhecer alguém. Procure viver e curtir as situações como uma diversão, e assim, quando menos esperar, estará diante da pessoa que possa ser um candidato em potencial. A busca obsessiva pode transformar situações agradáveis e divertidas em tortura e sofrimento.

4. Seja sempre você mesma

Só assim será autêntica e ficará sempre mais à vontade, não queira ser o que não é, isso gera ansiedade, tensão e estresse.

5. Não tenha receio de se expor

Lembre-se que a força está dentro de você. Procure manifestar o seu potencial e a sua essência que vem pelos seus pensamentos, atitudes e sentimentos. Não tenha receio de se mostrar.

Muitas vezes temos medo de ser rejeitado e acabamos deixando de nos manifestar e não mostramos nosso verdadeiro eu que pode ser muito envolvente, interessante e atraente... Assim, acabamos deixando passar uma oportunidade importante de conhecer e se relacionar com alguém, inclusive de modo intenso. Portanto, deixe o receio de lado, mostre-se, viva e ame. Seja feliz!




TAGS :

    amor, estresse, depressão, solidão, namorado

Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.