DESTAQUES

Shampoos que prometem alisar o cabelo podem ser uma farsa

Sonia Corazza 02/03/2017 SAÚDE E BEM-ESTAR
Shampoos que prometem alisar o cabelo podem ser uma farsa
Fonte: imagem Pixabay
Estrago irreversível do cabelo: fora shampoo que alisa!

por Sonia Corazza   

Os lançamentos de produtos cosméticos são constantes. Diariamente as prateleiras recebem frascos coloridos contendo fórmulas que acabam confundindo o consumidor. Mas paralelo a isso, vejo que existem muitas bobagens sendo divulgadas por aí e então resolvi esclarecer a questão.

Shampoo que alisa cabelo

Sim, é possível ter uma fórmula de shampoo que ajude a REMODELAR o cabelo, controlar o frizz (aquele arrepiado que toda mulher detesta), diminuir o volume e melhorar a maciez dos fios. O ativo mais tecnológico para realizar essa ação se chama "ácido glioxílico de extrema pureza", mas ainda não é aprovado no Brasil. A Anvisa está em vias de emitir seu parecer e liberar esse ativo. Portanto, qualquer produto de mercado que use ácido glioxílico aqui, é ilegal.

Um outro ativo que pode realizar essa tarefa é o formaldeído, ou formol, mas este também é proibido e, o que é pior, jamais voltará a ser permitido, pois é carcinogênico - causa câncer. Se você encontrar por aí um shampoo que promete alisar os cabelos e no rótulo estiverem descritos os seguintes ácidos, como princípios ativos, saiba que:

Ácido salicílico é um ativo antiseborreico e NÃO ALISA CABELO!

Ácido alfa lipóico é antioxidante e NÃO ALISA CABELO!

Ácido Glicólico é um microesfoliante e NÃO ALISA CABELO!

Ácido Lático é acidulante suave e NÃO ALISA CABELO!

Ácido Hialurônico é hidratante e NÃO ALISA CABELO!

Quando uma empresa ESCONDE o real ativo da fórmula é por que não é honesta. Parece-me que o ativo é um velho vilão, o FORMALDEÍDO, ou o ÁCIDO GLIOXÍLICO de grau industrial, com alto nível do contaminante GLIOXAL, que na temperatura do secador de cabelos, libera formol.

Conclusão: estrago irreversível do cabelo, fora shampoo que alisa!

Atenção!
Esse texto e esta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um médico e não se caracterizam como sendo um atendimento.




TAGS :

    shampoo, alisa, cabelo

Sonia Corazza

É engenheira química especializada em Cosmetologia. Tem 25 anos de experiência como formuladora de cosméticos. Atuou em empresas líderes no setor. É autora do livro Beleza Inteligente (Madras). Mais informações: www.belezainteligente.com.br



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.