DESTAQUES

Depois de um dia de trabalho cansativo, tive uma crise de riso e choro ao mesmo tempo

Eduardo Ferreira Santos 08/03/2018 PSICOLOGIA
Depois de um dia de trabalho cansativo, tive uma crise de riso e choro ao mesmo tempo
Fonte: Google Imagens
Queria uma opinião sobre isso. O que poderia ser?

Por Eduardo Ferreira Santos

Pergunta enviada por uma leitora

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Resposta: De maneira geral, o nosso ego (EU) consegue manter no inconsciente os pequenos e grandes traumas que sofremos diariamente em nossa vida, pelo menos os sentimentos desagradáveis envolvidos com eles.

Em situações de muito estresse ou de estresse continuado essa proteção vai se "esgarçando" como um elástico de pijama, acabando por romper-se e permitindo que venha à tona aquilo que estávamos reprimindo.

Pode ter sido isso que lhe aconteceu e os "fantasmas" saíram de forma descontrolada, misturando sentimentos básicos (primários, primitivos) como riso e choro, próprios de um bebê.

É uma forma de seu psiquismo se livrar da força extrema que é obrigado a fazer para manter contido toda essa carga afetiva negativa que estamos sujeitos em nosso dia a dia.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um médico psiquiatra ou psicoterapeuta e não se caracteriza como sendo um atendimento.

 

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra e psicólogo Eduardo Ferreira Santos responderá dúvidas e perguntas sobre os relacionamentos de uma maneira geral, sobre autoestima e conflitos emocionais. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    ataque, crise, riso, choro, histeria, estresse

Eduardo Ferreira Santos

Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br



ENQUETE

Você toparia ter um relacionamento de “amizade com benefícios”? Tratam-se de amigos que se tornam parceiros sexuais sem deixar isso interferir na amizade; o termo vem da expressão 'friends with benefits'.





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.