DESTAQUES

É na adolescência que está o germe da criatividade do ser humano, diz psicóloga

Redação Vya Estelar 19/03/2018 NOTÍCIAS
É na adolescência que está o germe da criatividade do ser humano, diz psicóloga
Fonte: imagem: divulgação assessoria
Prefeitura de Juiz de fora oferece gratuitamente oficina criativa de fotografia para adolescentes

Da Redação  

Segundo a professora de Psicologia da PUC de São Paulo, especializada em adolescentes, Ceres Araujo, é na adolescência que está o germe da criatividade do ser humano. E exercitá-la é um fator de proteção no desenvolvimento psíquico do adolescente.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Mas numa via contrária há os fatores de risco.

“Muitos estudiosos da Psicologia, da Sociologia e da Pedagogia principalmente, vêm descrevendo fatores relacionados à nossa época como determinantes para as patologias encontradas, no que se refere, atualmente, aos adolescentes. São elencados entre eles: o uso excessivo dos eletrônicos, a falta de convívio e relacionamento adequados com os pais, a falta de bons professores, a falta de modelos íntegros e respeitáveis para se identificarem, o crescimento da violência nas cidades e nas escolas, a falta de ética e princípios da nossa sociedade atual...”, elucida a psicóloga.   

Fatores de proteção: afeto, criatividade, segurança e senso crítico  

Mas para Ceres, no que se refere aos fatores de proteção, verifica-se que os adolescentes que conseguem se adaptar melhor às mudanças da idade são aqueles que receberam dos pais, afeto e segurança durante a infância, que aprenderam a lidar com limites e frustrações, que internalizaram um sistema de valores, normas e princípios de conduta e que adquiriram confiança e segurança em si mesmos. São adolescentes que encontraram em seu entorno, estruturas familiares, sociais e culturais suficientemente boas, as quais reconheceram neles o valor, a competência e a viabilidade de sua existência como seres únicos.  Ser reconhecido e valorizado frente a seus recursos, potencializa no jovem a possibilidade de transformar dificuldades ou adversidades em desafios e enfrentá-los.

Dentro dessa perspectiva, estimular a criatividade e o senso crítico do jovem é extremamente salutar.    

Olhar fotográfico

Nesse sentido, a Prefeitura de Juiz de Fora oferece gratuitamente a oficina “Olhar Fotográfico” que terá dez encontros de duas horas cada, sempre aos sábados, a partir de 14 de abril. O objetivo central da iniciativa é aguçar o olhar crítico sobre o que está à volta: “Só a vontade de conhecimento e a abertura para novas formas de enxergar o mundo são suficientes.“, explica um dos  coordenadores do projeto  Luiz Fernando Priamo. Ele completa: “Queremos mostrar o que é preciso para pensar uma fotografia, antes de pegar na câmara e mexer no equipamento propriamente dito.”

Serviço:  “Olhar Fotográfico - Oficina de Fotografia Criativa para Adolescentes”.

Inscrições:  abertas a partir 19 de março.

Local de inscrição: na secretaria do CEU (Avenida Juscelino Kubitschek, 5.899 – Benfica).

Inscrição inteiramente gratuita, inclusive com cessão do material necessário, será ministrada por Marcelo Viridiano, do projeto “Núcleo 2”, no Centro de Artes e Esportes Unificados “Coronel Adelmir Romualdo de Oliveira” (Praça CEU). Inicialmente, serão disponibilizadas dez vagas para adolescentes a partir dos 13 anos, e os inscritos passarão por seleção e, se houver demanda, novas turmas poderão ser criadas.

A oficina “Olhar Fotográfico” terá dez encontros de duas horas cada, sempre aos sábados, a partir de 14 de abril.

Informações pelo telefone 3218-1020.




TAGS :

    adolescência, criatividade, comportamento

Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Quem não tem cão caça com o “ex”, que está receptivo. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.