DESTAQUES

Negócio próprio, emprego, concurso público... Qual rumo seguir?

Roberto Santos 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Roberto santos

"Gostaria de saber se devo iniciar um negócio próprio, arrumar um emprego, prestar concurso público ou lecionar na minha área: turismo?"

Resposta: Você deve se aprofundar no entendimento do que é necessário para se realizar em cada uma das modalidades que você menciona em sua "perdição" atual. Iniciar um negócio próprio requer capital e competências empreendedoras (aspectos financeiros, de vendas, de recursos humanos, etc) que você precisa responder a si mesma se os possui ou se está disposta a consegui-los. Para arrumar um emprego, mais importante é pensar em que e para quê. Sua realização virá de trabalhar em algo compatível com o que gosta e sabe fazer bem. O mesmo vale para o concurso público. O que esta alternativa traz de diferente é a maior estabilidade. Aí a reflexão é: quero estabilidade e segurança de um crescimento lento ou quero correr riscos para um crescimento mais acelerado?

Por último, lecionar pode ser uma atividade muito prazerosa, nem sempre lucrativa, e muito trabalhosa. De novo, mais importante é a autoanálise que você precisa fazer sobre que competências tem e o que quer alcançar na vida profissional. A realização profissional pode ser base da felicidade para muitas pessoas, mas não há receita pronta de bolo. Você tem que ver os ingredientes que você tem, a habilidade que tem pra acertar o ponto do bolo e para que tipo de bolo as pessoas estão querendo. Depois que acertar essa receita, você pode ir incrementando com caldas, recheios etc. Isso não é culinária, mas sua carreira pode ser saborosa para você e para seus clientes - só depende de você se encontrar.

Fica difícil dar-lhe uma resposta específica sem conhecer todos os detalhes, mas sugiro que você leia o artigo de minha coluna "Gestão Pessoal" no Vya Estelar - "Encruzilhadas de Carreira" (clique aqui) - que traz minha opinião para sua pergunta e algumas sugestões de respostas.




Roberto Santos

Profissional de Recursos Humanos, com mais de 40 anos de atuação no mercado, Roberto teve diversas posições como profissional e executivo de RH em multinacionais de grande porte. É sócio-diretor da Ateliê RH, consultoria com mais de 14 anos de atuação no mercado, e distribuidor Hogan no Brasil. Mais informações: www.atelie-rh.com.br



ENQUETE

Você se sente infeliz no trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.