DESTAQUES

É preciso estar preparado para casar e mais ainda para separar

Anette Lewin 01/01/2016 PSICOLOGIA
Talvez tenha se casado antes de estar preparada para isso

por Anette Lewin

"Sinto-me perdida no meu relacionamento. Meu companheiro é ciumento e muito diferente de mim. Vivo como se estivesse presa e isolada do mundo, pois ele não se relaciona com as pessoas que gosto. Sou muito comunicativa e gosto de vida social. Adoro sair, conversar e dançar. Ele não aceita, sem falar da falta de dialogo que existe em nosso casamento. Ele agora deu para beber muito e chegar bêbado em casa, caindo mesmo. Só estou até hoje com ele por causa de minha filha de 4 aninhos."

Resposta: Talvez valha a pena você parar e pensar por que se casou com essa pessoa que você descreve no e-mail. Será que você não percebeu que ele era assim? Ou será que ele era totalmente diferente e depois de casada mudou radicalmente? Falando francamente eu não acredito em nenhuma das hipóteses acima.

Você fez uma escolha, talvez não tenha sido a melhor escolha, mas fez. Talvez tenha se casado antes de estar preparada para isso e agora quer viver o que ainda não viveu; talvez tenha se casado por insegurança, para não ter que correr o risco de ficar sem ninguém.   Seu marido tem piorado com o tempo. Será que ele também não está frustrado com o casamento? Será que você tem dado atenção às necessidades dele? Ou ambos estão jogando suas frustrações pessoais na cara do outro?

Bem, você tem uma série de questões para pensar antes de tomar uma decisão. A coisa mais importante é não envolver sua filha de 4 anos nisso. Não vale a pena você ficar com quem não gosta em função de sua filha. Mas também não sei se você está pronta para pegar sua filha e viver só com ela. Está? Você trabalha? Tem como se sustentar? Tem maturidade para encarar uma separação? Se não tiver maturidade, separar-se pode ser um segundo erro.

Pense no que levou seu marido a beber tanto. Você fala de falta de diálogo. Dialogar é colocar opiniões e saber aceitar que o outro também se coloque. Você sabe ouvir? Ou só quer falar? Será que o ambiente na casa de vocês não pode ser melhor? Quando em casa as coisas pesam os homens saem mesmo!

Talvez, depois de refletir sobre tudo isso, valha a pena você pensar em fazer algumas mudanças no seu modo de agir e se comportar. Já que casou e teve uma filha, olhe para esse casamento com outros olhos, trate-o melhor, mude você ao invés de ficar esperando que ele mude. Esqueça as outras pessoas por um tempo e pense em sua família. Pode ser que dê resultado, pode ser que não dê. Mas ficar esperando um milagre... não vai adiantar mesmo! Se faltou pensar melhor antes de casar não repita esse erro antes de se separar.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

O Jornal da Cultura veiculou matéria apontando que o brasileiro não está animado com a Copa do Mundo. E você, está empolgado?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.