DESTAQUES

Quem está estressado deve prestar atenção nos alimentos que consome diariamente

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Dieta saudável evita predisposição do organismo ao estresse

Da Redação

Considerada a doença dos tempos modernos, o estresse atinge homens, mulheres, idosos e crianças, sendo reflexo da correria do dia a dia e da agitação da população das grandes metrópoles. O trânsito, a instabilidade no emprego, a violência, entre outras preocupações, geram momentos quase que diários de nervosismo.

Apesar de ser considerado por muitos um estado emocional negativo, o estresse é uma importante resposta do organismo para a manutenção da vida.

Porém, é preciso aprender a lidar com esse distúrbio. Pesquisas comprovam que o estresse é um dos principais responsáveis pelo aumento de produção de colesterol, assim como pode afetar alguns hormônios, levando ao aumento na fabricação de colesterol LDL e de triglicérides. Dores de cabeça, esquecimentos, batimentos cardíacos acelerados, mau humor, choros sem motivo, músculos doloridos ou mãos frias e úmidas podem ser alguns dos sintomas.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Nutrologia, Dr. Durval Ribas, diminuir essas manifestações orgânicas não é impossível e para isso algumas medidas anti-stress podem ser adotadas. “Primeiramente devemos manter uma rotina nos horários de alimentação, evitando longos intervalos entre uma refeição e outra. Seguir uma dieta saudável e balanceada evita a predisposição do organismo ao estresse. Além disso, é essencial para a prevenção de contratempos como constipação, diarréia, ganho ou perda de peso”, afirma.

Ainda segundo o Dr. Ribas, as vitaminas do complexo B são as mais eficazes para restabelecer a energia e recuperar o organismo fragilizado pelos sintomas do estresse. Entre elas, as mais importantes são as vitaminas B6, B3, B1 e B12, a vitamina C, encontrada nas frutas cítricas, e o ácido fólico, encontrado em alimentos como o brócolis, a lentilha e o feijão branco. Além do magnésio, conhecido como o mineral "antiestresse", por possuir propriedades que relaxam nervos e músculos.

A ingestão de açúcar e cafeína em excesso também dispara reações desordenadas no organismo. Recomenda-se diminuir a ingestão de alimentos ricos em gordura saturada, que são de difícil digestão e interferem na atividade neural. Chá preto, café, refrigerantes de cola, bebidas alcoólicas, frituras e doces são consideradas bombas que podem desencadear ainda mais estresse.

"Quem está estressado deve prestar atenção nos alimentos que consome diariamente. É importante comer somente o suficiente, sem pressa, mastigando muito bem o alimento. Também é recomendado dar preferência à ingestão de vegetais folhosos, laranja, castanha-do-pará, peixes e frutos do mar", conclui Dr. Durval Ribas.




Redação Vya Estelar



ENQUETE

O Jornal da Cultura veiculou matéria apontando que o brasileiro não está animado com a Copa do Mundo. E você, está empolgado?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.