DESTAQUES

Tique nervoso pode ser curado somente com uso de remédios?

Eduardo Ferreira Santos 01/01/2016 PSICOLOGIA
Cada caso é um caso

por Eduardo Ferreira Santos

"Tique nervoso, como caretas faciais, é curável somente com o uso de remédios? Dá para voltar a ter uma vida normal?"

Resposta: O "tique nervoso" geralmente é associado a um tipo de Transtorno Obsessivo Compulsivo, cujo tratamento envolve psicoterapia e, necessariamente, a utilização de medicamentos.

Tais medicamentos são tipos particulares de "antidepressivos", cujo uso não implica em "vício" e, se houver efeitos colaterais, são temporários.

Muitas vezes, dependendo da resposta do paciente ao medicamento, é necessário aumentar a dose até que ela se torne efetiva, mas não há problema nisso, pois são medicamentos controlados e devem ter sua dosagem cuidadosamente avaliada por um psiquiatra especializado.

Em Psiquiatria enfrentamos um problema bastante particular que é a RESPOSTA que determinado paciente tem em relação a determinado remédio. São tantas as característica individuais que há, atualmente, estudos genéticos tentando identificar o TIPO específico desse ou daquele paciente. Verifica-se se ele é um METABOLIZADOR RÁPIDO, LENTO, INTERMEDIÁRIO ou NÂO METABOLIZA essa ou aquela droga.

Esse tipo de análise genética ainda é experimental, mas o Laboratório LIM 23 do Instituto de Psiquiatria do HC (através de atendimento particular) faz um estudo individualizado, quando solicitado.
Portanto, como sempre: CADA CASO É UM CASO!

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra e psicólogo Eduardo Ferreira Santos responderá dúvidas e perguntas sobre os relacionamentos de uma maneira geral, sobre autoestima e conflitos emocionais. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Eduardo Ferreira Santos

Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br



ENQUETE

Você toparia ter um relacionamento de “amizade com benefícios”? Tratam-se de amigos que se tornam parceiros sexuais sem deixar isso interferir na amizade; o termo vem da expressão 'friends with benefits'.





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.