DESTAQUES

Amizade colorida, relação aberta e ficar: você se sente pronta para curti-las?

Tatiana Ades 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Há quem defenda ser impossível não haver atração física entre homem e mulher

por Tatiana Ades

A sociedade vai mudando e junto os comportamentos e relacionamentos.  Com isso, as possibilidades de amar de forma mais livre se ampliam.

Uma dessas formas é a amizade colorida. Essa nada mais é do que a atração física entre duas pessoas que passam a ter relações sexuais. De repente, de uma amizade no começo, assexuada, pinta uma atração física. 

Elas não querem namorar, nem assumir um compromisso e nem quebrar essa amizade... Então, de comum acordo, se envolvem fisicamente, mas concordam em não cruzar a linha da amizade para um relacionamento sério. 

O que diferencia a amizade colorida do relacionamento aberto?

Numa amizade colorida, não há vínculos que não os de amizade.  E ninguém é de ninguém. Ficar é esporádico e depois de satisfeita a atração física, o relacionamento continua como se nada tivesse acontecido. Cada um pode apaixonar-se por outra pessoa.  Não há ciúmes, não há nenhum contrato.

No relacionamento aberto, há um contrato entre o casal:  aceitam-se escapadas sexuais, mas fica proibido o envolvimento emocional com outra pessoa que não o seu par oficial. Se surgir uma paixão, amor ou interesse além do sexual, há ciúme e traição.

É mito ou verdade dizer que não existe amizade entre homens e mulheres?

Do meu ponto de vista existe, sim!  Muitos homens e mulheres têm relações de amizade duradouras, verdadeiras, sem nenhum apelo sexual. É uma amizade “tipo irmão”.

O que acontece é que muitas pessoas têm preconceito e gostam de fazer piadas sobre tais relações e acabam instigando esse mito.

Há quem defenda ser impossível não haver atração física entre homem e mulher. Uma equipe de professores da Universidade de Wisconsin-Eau Claire, nos Estados Unidos, resolveu ir atrás dessa resposta.

Segundo um estudo conduzido por eles e divulgado no começo desse ano, os homens são os que mais demonstram atração pelas amigas. A pesquisa foi feita com 400 adultos, com idades entre 18 e 52 anos, que cultivavam uma amizade com pessoas do sexo oposto.

A maioria dos entrevistados afirmou sentir ao menos um nível de atração pelo amigo ou amiga. Os homens, além de sentirem mais atração do que elas, também revelaram mais disposição a ter um encontro amoroso com as amigas do que as mulheres com os amigos.

Seis regras para uma amizade colorida poder dar certo:

1ª) Para uma "amizade colorida" poder dar certo as regras precisam ser claras entre os parceiros.

) Ninguém é de ninguém: na amizade colorida nada impede que ambos fiquem envolvidos e apaixonados por outras pessoas.

3ª) A amizade colorida deve ser encarada de maneira 'leve', sem cobranças, sem brigas e cada um vive a sua vida, mas sempre com respeito ao outro.

4ª) Receber ligações no dia seguinte?  Um jantar romântico? Um presente? Apresentar amigos e familiares? Nem pensar!

5ª) O difícil é quando desejamos terminar uma amizade colorida sem perder a amizade do parceiro envolvido.  O melhor jeito é conversar. Afinal, o maior sentimento entre esse par é a amizade, não é?  A partir do momento em uma das partes não está mais disposta a continuar com esse tipo de envolvimento, é importante colocar-se, ser sincera e deixar claro que não pretende estragar a amizade e que o círculo de amigos continuará o mesmo.

6ª) Sinceridade desde o começo de um relacionamento desse tipo é o primordial.  A amizade colorida só vale a pena se as duas partes estão conscientes e felizes com a situação.

Diferença entre amizade colorida e ficar

Na amizade colorida também há um sentimento muito forte de carinho pela pessoa.  Afinal, ela é amiga. Uma amizade colorida é algo mais duradouro do que o ficar: acontece mais vezes. Já ‘ficar' pode ser com qualquer desconhecido e acontecer uma vez só ou poucas vezes. 

Engana-se quem acha que as pessoas topam uma amizade colorida apenas por não se sentirem preparadas para uma relação séria. Nem sempre é assim.  Às vezes, as pessoas gostam de se sentir livres e sentem atração sexual por um amigo próximo. Por desejarem continuar solteiras e sem abrir mão do sentimento que existe com o amigo colorido, elas topam esse tipo de relação. Essa amizade amizade colorida pode pintar entre amigos de infância,  do dia a dia, da faculdade, do trabalho e de outras situações.

Relacionamento livre e consequências
 

Querida leitora, você deve ter percebido que fui dividindo as formas de se relacionar falando em ficar, relacionamento aberto e amizade colorida. É preciso estar atenta a eventuais mudanças que podem ocorrer dentro desses relacionamentos, pois embora o casal tenha determinada combinação na teoria, na prática, podem ocorrer infinitas consequências. 

Não é impossível de uma amizade colorida florescer um amor sincero e uma relação duradoura – mas isso não deve ser esperado por quem entre nesse tipo de relacionamento.

Quando os dois passam a ficar juntos com mais frequência, passam a sentir mais falta um do outro, passam a trocar mais mensagens carinhosas e planejam um jantar romântico..., nesse ponto, sem perceber, o casal já fez uma transição dessa amizade para o início de uma relação amorosa.

Mas pode acontecer de um dos dois querer terminar com a amizade colorida e o outro não. Ou de você ver o seu amigo colorido com uma outra pessoa. Será possível nesse caso que a amizade entre vocês continue? Por isso, veja se você está preparada para essa modalidade de relacionamento mais livre.




Tatiana Ades

É psicanalista e escritora e teatróloga. Em seus livros, o foco de estudo é o comportamento humano e o amor patológico. Tem em seu currículo várias peças escritas e encenadas nos teatros de São Paulo, além de ter concorrido ao prêmio Shell de melhor texto teatral com Os Viúvos – Teatro Ruth Escobar (2003). Como escritora, em 1998, ganhou um concurso com o conto O silêncio da raposa. Eles são o resultado de uma pesquisa de três anos: Hades – Homens que amam demais e As escravas de Eros.



ENQUETE

Você toparia ter um relacionamento de “amizade com benefícios”? Tratam-se de amigos que se tornam parceiros sexuais sem deixar isso interferir na amizade; o termo vem da expressão 'friends with benefits'.





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.