DESTAQUES

Ele só quer ficar no virtual. O que faço?

Eduardo Yabusaki 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Desconfie, pois certamente há algo errado

por Eduardo Yabusaki

"Quando quero marcar um encontro, ele inventa uma desculpa e foge."

As juras de amor intenso e verdadeiro não cessam, o seu envolvimento é cada vez maior, a paixão e o desejo crescem...

Sua vontade de imediato é conhecer o seu conquistador ou conquistado pessoalmente, e aí começa o problema: ele não quer sair do virtual, inventa desculpas, fala de dificuldades em se expor, que é tímido, ou que ainda não está preparado. Enfim, foge do encontro.

Ele diz preferir esperar um pouco mais, pois acha muito cedo ainda. Se essa situação persistir e a enrolação prolongar muito, desconfie.

Não se contente com as desculpas sejam, elas quais forem, pois quando se quer, sabemos o quanto nos esforçamos para que a coisa aconteça. Desconfie, pois certamente há algo errado. No mínimo está sendo reforçada uma dificuldade do outro em se relacionar pessoalmente, ao vivo e fisicamente com o próximo.

Persista, e na recusa, desconfie, pois essa atitude traz certamente por trás outros problemas ou conflitos ainda mais severos, como ele ser casado ou ter outro relacionamento; não ser quem diz ser, seja fisicamente ou mesmo no que faz; alguém que tem compulsão em seduzir e não se envolver mais profundamente, etc. Sempre pense: se preservar é uma coisa, não querer maior intimidade pode ser sim um problema.

Internet e as relações interpessoais

Às vezes a internet acaba sendo utilizada de forma descuidada ou mesmo irresponsável nos relacionamentos interpessoais em todas as esferas: profissional, amizade, familiar, assuntos de interesse em comum e mesmo na busca por um relacionamento amoroso.

Tenha sempre em mente que existem todos os tipos de pessoas como em qualquer outro lugar com um agravante, você não tem a menor condição de avaliar e verificar as informações que recebe. Assim acaba ficando extremamente exposta e vulnerável.

Quando se está relacionando com alguém que conheceu pela rede, pode-se envolver sentimentalmente, porém muito cuidado nos passos ou na forma como irá se expor. Tenha os recursos como facilitadores, mas não como determinante para oficializar nada, a net é fonte de acesso a tudo no mundo inteiro, porém nunca substituirá o relacionamento cara a cara, físico e pessoal. Olho no olho, mão na mão, um beijo ou um carinho são insubstituíveis. Não abra mão de seus interesses pela dificuldade do outro, insista e persista e certamente encontrará seu verdadeiro par.




Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br



ENQUETE

Paulo Coelho diz que os grandes prazeres da vida são grátis. Você concorda?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.