DESTAQUES

Ter um parceiro fiel é como ganhar na loteria

Tatiana Ades 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Tampar o sol com a peneira é o pior erro

por Tatiana Ades

É fato e não podemos mais negar, conseguir um parceiro fiel se tornou quase impossível, "é como ganhar na loteria".

Por que será que homens e mulheres traem tanto?

Obviamente estamos numa época em que as pessoas estão bem mais liberais e, além de tudo, perdidas.

O avanço da mulher no quesito relacionamento e liberdade sexual trouxe igualdade em relação à traição. Diversas pesquisas apontam que o número de mulheres que traem é comparável ao número de homens: situação que causa grande desconforto numa sociedade ainda machista demais.

Cinco fatores que levam o parceiro a trair

1º) Pura monotonia

Algumas pessoas que traem dizem que não há nada a reclamar sobre o parceiro fixo, a traição apenas se torna parte de uma vida um pouco monótona, levando a pessoa a buscar momentos rápidos de sexo e carinho com pessoas diferentes. Essas pessoas quando questionadas sobre culpa, dizem não sentirem-se com qualquer remorso e acham que apenas dessa forma conseguem segurar um relacionamento fixo, sem cair na monotonia e até dizem que as brigas se tornam mais escassas.

2º) Baixa autoestima

A baixa autoestima que algumas pessoas sentem podem levá-las à traição para sentirem-se com uma sensação de poder e alívio frente à sensação de sentirem-se rejeitadas e não tão valorizadas pelo parceiro. Estar com outra pessoa é uma forma de elevar a autoestima.

Geralmente essas pessoas não conseguem traçar diálogos para a resolução dos problemas, colocando na traição a solução para todos os seus problemas internos.

3º) Carência afetiva

Muitas vezes buscar outro parceiro não é querer variar no sexo, é querer receber carinho quando está se sentindo carente com o parceiro fixo. A carência afetiva faz com que a busca por sexo com outras pessoas seja constante, é um disfarce, ao invés de conversar com o parceiro ou mesmo se separar a pessoa se envolve com outros para tapar os buracos da desilusão.

4º) Vingança

É muito comum a traição por vingança, essas pessoas se sentem melhor ao "dar o troco", gostam da sensação de "olho por olho, dente por dente".

Muita gente acha que apenas as mulheres traem por vingança, mas os homens também têm esse hábito.

5º) Curiosidade ou impulso

Pessoas mais impulsivas e imaturas costumam trair e colocam a culpa "nos hormônios", mas querem apenas variar; sentem a curiosidade pelo novo e não conseguem se controlar diante de paqueras e insinuações de pessoas desconhecidas.

Geralmente são pessoas muito imaturas no quesito emocional.

Antídoto para a traição: constância no diálogo sincero

O importante é manter a disciplina do diálogo sincero, tampar o sol com a peneira é a pior forma de evitar que o seu parceiro não te traia.




Tatiana Ades

É psicanalista e escritora e teatróloga. Em seus livros, o foco de estudo é o comportamento humano e o amor patológico. Tem em seu currículo várias peças escritas e encenadas nos teatros de São Paulo, além de ter concorrido ao prêmio Shell de melhor texto teatral com Os Viúvos – Teatro Ruth Escobar (2003). Como escritora, em 1998, ganhou um concurso com o conto O silêncio da raposa. Eles são o resultado de uma pesquisa de três anos: Hades – Homens que amam demais e As escravas de Eros.



ENQUETE

O Jornal da Cultura veiculou matéria apontando que o brasileiro não está animado com a Copa do Mundo. E você, está empolgado?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.