DESTAQUES

Maus hábitos são responsáveis por 60% dos distúrbios do sono; afirmam especialistas

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

Da Redação

Neurologistas do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da USP, alertam: 60% das causas de insônia da população são atribuídas a maus hábitos e 40% a ansiedade e depressão.

O consumo de café, chá preto, chocolate e bebida alcoólica à noite é o principal responsável pelo distúrbio, que acomete 25% da população adulta mundial, cujas mulheres são as principais vítimas.

Exercícios físicos também não são recomendados no período noturno. A adrenalina liberada pelo organismo deixa o cérebro em sinal de alerta e prejudica o sono.

A insônia nada mais é do que a dificuldade que a pessoa sente de começar a dormir e manter o sono. Ela pode ser classificada em transitória, durar de três dias a uma semana, ou crônica, persistir por mais de 30 dias.

Segundo o neurologista Rubens Reimão, responsável pelo Grupo do Sono da Divisão de Neurologia do HC, as causas devem ser diagnosticadas e tratadas para quebrar o círculo vicioso: "A pessoa que não dorme apresenta cansaço e ansiedade durante o dia, fatores que irão comprometer o sono à noite".

Maus hábitos exigem mudanças de postura do paciente, afirma o médico. Já a ansiedade e depressão são tratadas com medicamentos específicos para melhorar a qualidade de vida do paciente.

Outro alerta diz respeito aos remédios para dormir. Alguns tipos de medicamentos criam dependência. Por esse motivo, é importante que a pessoa procure ajuda médica.

Crianças

As crianças não estão livres do distúrbio. A insônia do lactente aparece a partir de seis meses de idade. Na grande maioria dos casos, o comportamento inadequado dos pais é o principal responsável.

A orientação é não pegar a criança no colo toda vez que ela chora à noite. "Tirá-la da cama, andar pela casa e acender as luzes também poderão atrapalhar o sono", explica.

Insônia persistente em crianças, com mais de oito anos de idade, exige atenção redobrada dos pais, pois pode estar relacionada a fatores emocionais. Nesse caso, é imprescindível uma avaliação médica para que a criança vença o "desafio de dormir", enfatiza.

SERVIÇO: O agendamento de consultas para o Grupo do Sono da Clínica de Neurologia do Hospital das Clínicas é feito por um dos Ambulatórios de Especialidades da Secretaria de Estado da Saúde.

 

 




Redação Vya Estelar



ENQUETE

Você toparia ter um relacionamento de “amizade com benefícios”? Tratam-se de amigos que se tornam parceiros sexuais sem deixar isso interferir na amizade; o termo vem da expressão 'friends with benefits'.





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.