DESTAQUES

O que pode estar por trás do alcoolismo?

Redação Vya Estelar 01/01/2016 ENTREVISTAS
Alcoólicos Anônimos: evite o primeiro gole e viva sóbrio a cada 24 horas

por Ângelo Medina

"Tornei me um ébrio na bebida, busco esquecer..." O verso cantarolado por Vicente Celestino, é uma das inúmeras razões que levam as pessoas a terem um fascínio pelo álcool. Infelizmente o alcoolismo é uma doença incurável, causa dependência química e mata.

Só os Alcoólicos Anônimos - AA - possuem mais de dois milhões de membros, no mundo inteiro, espalhados em 150 países. No Brasil, são mais de 90 mil freqüentadores distribuídos em 6 mil grupos. Porém, esta dança de números não é precisa. Já que muitos alcoólatras ingressam no grupo e não retornam, fora os que nunca compareceram.

Nesta entrevista ao Vya Estelar o médico e terapeuta holístico Sergio Mortari mostra a relação do álcool com a astrologia, a Numerologia e o tarô. Explica que quem gosta muito de chocolate é um alcoólatra em potencial. Mortari argumenta que o alcoolismo é uma doença incurável e revela todos os seus males e sintomas. Faça um teste e descubra se você tem problemas com o alcoolismo e conheça os 12 passos do AA - Alcoólicos Anônimos para largar a bebida.

Vya Estelar - Qual a relação do alcoolismo com a astrologia?

Sergio - Devemos considerar as indicações do mapa natal, como um todo, e as aflições sofridas pelos aspectos de oposições e quadraturas do planeta Netuno. Isto porque o mapa revela tendências e potenciais. Simbolicamente, este planeta representa névoa, idealismo, inspiração e intuição. No seu lado inferior, peca pela falta de realismo, tendência à evasão e sonhar acordado, faculdades que não são controladas pela vontade.

Lua X Netuno

Uma oposição da lua ao planeta Netuno sugere a possibilidade da pessoa ficar envolvida por confusões emocionais que a torna muito sensível e influenciável. Desta forma, será fácil que más companhias a levem para os caminhos do álcool.

O sol, em aspecto de quadratura com Netuno, pode indicar uma tendência para o auto engano, para atitudes escapistas e distorções da realidade; que podem conduzir a atitudes auto destrutivas, como o alcoolismo.

O Meio Céu

Netuno em conjunção com o Meio Céu pode ser o indicador de escândalos ou má fama pública, devido a atitudes irresponsáveis provocadas pelo alcoolismo.

Vya Estelar - Qual é a relação do alcoolismo com a Numerologia?

Sergio - Quem não conhece o famoso teste para medir o grau de alcoolismo:

"Faz o número quatro aí, que eu quero ver!"

Na Numerologia o número quatro representa: solidez, caráter independente, persistência de propósitos e capacidade para efetuar trabalhos árduos. Quem é regido pelo número quatro se conduz bem e é um excelente disciplinador dos outros. Não tropeça e nem desVya de seu caminho, porque tem os pés bem assentados no chão e não fica sonhando. Ao buscar, através da bebida, um estado alterado de consciência, o indivíduo foge da descrição deste número.

IV - O Imperador

Vya Estelar
- Qual é a relação do alcoolismo com o tarô?

Sergio - O quarto Arcano Maior, a figura do Imperador, tem como características o exercício da vontade firme, a busca do justo, do verdadeiro, qualidades estas ausentes no adicto - escravo - do álcool.

Vya Estelar - O alcoolismo é uma doença?

Sergio - É porque causa dependência química, o indivíduo se torna um escravo do álcool. O metabolismo do alcoólatra se modifica, transforma o álcool existente em glicose. O primeiro sintoma é a perda do apetite. Em segundo lugar, uma falta de disposição geral, tonturas, dores de cabeça, distúrbios cardio-respiratórios, circulatórios e neuro vegetativos, náuseas, vômitos e emagrecimento.

Vya Estelar - O alcoolismo é uma doença incurável?

Sergio - Sim. Porque o alcoólatra, depois do primeiro gole, sofre um processo de compulsão e não consegue parar de beber. Mesmo que a pessoa passe por longos períodos de abstinência - muitos anos - ela não vai ter controle nenhum sobre a bebida, caso volte a beber.

O alcoolismo e a psicologia

O viciado apresenta sérias dificuldades para harmonizar o mundo ideal projetado em suas mente, com seu mundo real, daí a fuga para um estado alterado de consciência. Sua busca também é pelo contato íntimo com os outros, mas existe uma barreira impedindo que ele se abra e se comunique, porque até o contato com os outros é colocado no plano ideal.

Através da ingestão do álcool, as barreiras são relaxadas, a inibição desaparece, e a censura inexiste. Porém a agressividade também pode aflorar.

Eu só quero chocolate: o alcoólatra em potencial

Vya Estelar - Por que quem gosta muito de chocolate é um alcoólatra em potencial?

Sergio - Todo indivíduo quando para de beber começa a consumir muito açúcar e muito doce, pois o metabolismo do alcoólatra tem uma necessidade premente do consumo de glicose. Cada dez indivíduos viciados em chocolate, nove são alcoólatras em potencial. Isto acontece porque o chocolate provoca a liberação de cerotonina, o hormônio do prazer.

Vya Estelar - Quais são os males que o álcool causa no organismo?

Sergio - Primeiro começa com o fígado e em seguida vem o pâncreas. A pessoa pode ter uma pancreatite aguda - uma infeção no pâncreas - podendo levar ao diabetes. Depois atinge os intestinos e o sistema nervoso central. Porém, esses efeitos dependem das doses ingeridas, dos seus intervalos, do estado geral do organismo e da predisposição para o vício.

Vya Estelar - Quais são os efeitos do álcool no organismo?

Sergio - Os efeitos se manifestam em estado de euforia, expansão do comportamento e atitudes de desibinição. A evolução deste quadro e, o aumento da ingestão de álcool, provocam alterações de comportamento, descontrole emocional, alternância de choro com risadas, dificuldade na articulação das palavras, falta de coordenação motora, agressividade e apatia.

Vya Estelar - É lenda esta história que o fígado se regenera?

Sergio - O problema é que a degeneração é muito maior que a regeneração. Essa história é conversa de bêbado.

Alcoolismo é hereditário

Vya Estelar - Qual é o limite entre o indivíduo que bebe normalmente e o indivíduo que se tornou um alcoólatra?

Sergio - Primeiro existe o fator genético. O alcoolismo é hereditário. A pessoa já nasce sendo um alcoólatra em potencial. Depois vem os elementos circunstânciais. Uma pessoa agredida através do stress, tendo uma série de problemas, sendo bombardeado de todos os lados; pode procurar uma fuga através da bebida.

Vya Estelar - Em quanto tempo uma pessoa se torna dependente do álcool?

Sergio - O prazo é curto. Se a pessoa começou a beber na adolescência e, têm as potencialidades para desenvolver o vício, pode aos 17 anos já se tornar um alcoólatra. Eu acredito muito nesta parte genética. Se a pessoa já possui casos na família. Cuidado!

É o mesmo problema do cigarro. A pessoa precisa estar sempre fumando para manter o nível de nicotina no sangue. Às vezes duas garrafas de cerveja, para uma determinada pessoa, não significam nada, mas para uma outra, mais predisposta, um copo de cerveja pode ser danoso; e ela acaba emendando um porre no outro. Vai tomar mais uma dose para curar a ressaca. Porém, esta fronteira entre o bebedor comum e o alcoólatra é muito difícil de delimitar.

O bebedor que não é alcoólatra

É aquele que começa a beber e consegue parar. Um dependente não sabe parar. O consumo de álcool faz com que o metabolismo se modifique, fazendo com que a pessoa não consiga mais ficar sem o álcool.

Vya Estelar - Existe algum parâmetro em termos de dosagem para definir o alcoólatra?

Sergio - Não importa se a pessoa toma dois copos de cerveja, 400ml de vodka ou um litro de conhaque. Vai depender é da sensibilidade de cada um em relação ao álcool.

Vya Estelar - Quais são os estágios do alcoolismo?

Alcoolismo Agudo: estágio de embriaguez comum ou fisiológica. A pessoa fica "de fogo".

Embriaguez patológica: estágio em que existe uma desproporção entre a quantidade ingerida e os sintomas manifestados. A pessoa toma apenas uma ou duas doses e já fica embriagada.

Dipsomia: ingestão de grandes quantidades de álcool. Um grande porre.

Coma alcoólico: concentração elevada de álcool no sangue, acima de 400 ml.

Vya Estelar - Por que as pessoas bebem?

Sergio - As pessoa inventam "n" desculpas para beber: bebo para esquecer, bebo para relaxar, bebo para criar coragem e para me dar prazer.

Vya Estelar - Qual o conselho o senhor sugere para quem está com problemas de alcoolismo?

Sergio - Parece óbvio, mas o que precisa é realmente o indivíduo querer parar de beber. Tendo esta vontade é possível deixar qualquer vício. É preciso ter uma motivação. Pode ser por substituição, a pessoa pode meditar ou praticar esportes que liberem endorfina, a substância do prazer, ou seja, a morfina que o seu organismo mesmo fabrica. Mas a base de tudo é o indivíduo querer realmente parar de beber.

Vya Estelar - Como o senhor avalia o trabalho do AA - Alcoólicos Anônimos?

Sergio - Acho que tem os prós e os contras. O problema que você está reunindo pessoas que potencialmente tem uma grande tendência ao primeiro gole. Se um membro do grupo recai a probabilidade deste grupo se contaminar é maior.

A pessoa deve se libertar do álcool e do AA

O AA serve como apoio e como direcionamento por algum tempo. A pessoa não pode ficar o resto da vida dependente do AA. A pessoa tem que confiar nela mesma e não utilizar o AA como uma muleta. A pessoa se liberta do álcool, mas fica escrava e viciada em AA. Mas é mais salutar que ela fique dependente da abstinência do que do álcool.

Ajuda médica

À dependência do álcool leva a uma série de degenerações e estas pessoas podem precisar de um tratamento médico. A síndrome da abstinência, às vezes requer substituição do álcool por uma outra substância. E isto só um médico pode fazer. Neste caso, não dá para um dogrado tentar recuperar um outro drogado.

O lado positivo do AA

Acho ótimo o alcoólatra freqüentar o AA por seis meses ou um ano. Principalmente, para aplicar os 12 passos para largar a bebida, ministrados pelo AA. O alcoólatra, através da experiência dos outros, reconhece a sua impotência diante do álcool e pode realmente parar de beber.




Redação Vya Estelar



ENQUETE

Atração física não basta, tem que haver atração mental. Você concorda?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.