DESTAQUES

Ficar perguntado ao meu namorado por onde ele anda, já sinaliza ciúme possessivo?

Eduardo Ferreira Santos 18/07/2018 PSICOLOGIA
Ficar perguntado ao meu namorado por onde ele anda, já sinaliza ciúme possessivo?
Fonte: imagem Pixabay
Uma boa relação afetiva se constrói em um clima de confiança e liberdade

Por Eduardo Ferreira Santos

E-mail enviado por uma leitora:

“Olá! Estou me relacionando há um ano com um rapaz. Ele diz não gostar de ser cobrado. Então, procuro respeita-lo... mas tem momentos que não aguento e quero saber onde ele está... fico imaginando um monte de coisas: que ele está me enganando, ele não me avisa sobre nada; onde ele está... Eu sofro com isso. Será que isso já seria possessividade de minha parte ou ele realmente não me corresponde? Ele não está nem ai pra mim.”

Resposta: Na verdade, você não consegue ter uma relação sem precisar CONTROLAR o seu parceiro.

Isso não é bom, uma vez que você se esquece de sua própria vida para ficar ligada na vida do outro.

Uma boa relação afetiva se constrói em um clima de confiança e liberdade.

Ou, então, é melhor não se relacionar com alguém que você julga não respeitá-la!

Converse com ele sobre isso e procure viver sua vida com liberdade e confiança em si mesma!

Atenção!

Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um psicólogo ou médico psiquiatra e não se caracteriza como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra e psicólogo Eduardo Ferreira Santos responderá dúvidas e perguntas sobre os relacionamentos de uma maneira geral, sobre autoestima e conflitos emocionais. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    ciúme, possessivo, patológico

Eduardo Ferreira Santos

Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br



ENQUETE

Qual candidato à Presidência terá mais condições de melhorar o índice da FIB (Felicidade Interna Bruta) e o do IDH (índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.