DESTAQUES

Transtornos

Joel Rennó Jr. 10/08/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
Transtornos
Fonte: imagen Pixabay
De humor, ansiedade, alimentar, psicóticos, de personalidade

Por Joel Rennó Jr.

O termo doença mental ou transtorno mental engloba um amplo espectro de condições que afetam a mente. Podendo causar: desequilíbrio emocional, distúrbio de conduta e enfraquecimento da memória, alucinações, medos, entre outros sintomas.

Algumas vezes, doenças em outras partes do corpo afetam a mente. Outras vezes, desconfortos escondidos no fundo da mente podem desencadear doenças do corpo, o que chamamos de somatização. Nosso mapa genético, química cerebral, aspectos do nosso estilo de vida, além dos acontecimentos que nos acometeram no passado e nossas relações com as outras pessoas, participam como causadores do transtorno mental. Isso leva ao sofrimento, desesperança e incapacidade de ter uma vida plena.
 
Há transtornos de:
 
• Humor (como o Transtorno Bipolar e o Depressivo);
• Ansiedade (Como os Ataques de Pânico, Transtorno Obsessivo-Compulsivo e Fobias, por exemplo);
• Alimentares (Como a Bulimia e a Anorexia, entre outros);
• Psicóticos (Esquizofrenia e Paranoia);
• Personalidade (Transtorno de Personalidade Borderline, etc), citando apenas alguns tipos.
 
 Todos afetam a vida do paciente e de seus familiares, precisam ser diagnosticados por profissional especializado e tratados adequadamente para que os pacientes tenham uma vida satisfatória.
A considerar…
 
• Os transtornos mentais atingem pessoas indistintamente. Mesmo nas cidades mais distantes e isoladas do mundo, com natureza, paz e tranquilidade.

• Na fase reprodutiva, as mulheres são duas vezes mais acometidas de depressão que os homens. Em relação aos transtornos de ansiedade, a proporção é de 2-3 mulheres acometidas por homem afetado.

• A partir dos 15 anos em média, começam alguns desequilíbrios emocionais, embora hoje, muitas crianças pequenas apresentam os sintomas iniciais.

• Os sintomas podem ser variados, incluindo uma ansiedade persistente sem motivos aparentes, dificuldade de aprendizado, desatenção, irritabilidade, choro, tristeza, desinteresse, agitação, medos intensos de escuro, altura e espaços amplos e abertos (fobias) e quadros de depressão ou psicose.

• Todos falam dos prejuízos sociais, familiares e individuais. Porém, se esquecem do impacto econômico, devido à incapacitação gerada pelas doenças mentais. Transtornos mentais graves geram 200 dias de faltas ao trabalho.

• Cerca de 3% da população brasileira (cerca de 5,4 milhões de pessoas) sofre de transtornos mentais severos que precisam de cuidados médicos contínuos.

• De 6% a 10% (entre 10,8 e 18 milhões) acabam sendo vítimas de transtornos causados pelo uso de drogas e álcool.
 
Precisamos nos mobilizar para uma efetiva melhora do panorama de saúde mental. Diagnósticos precoces são necessários e, romper as barreiras da ignorância (no sentido literal da palavra) e do preconceito, idem.

Quem tem qualquer tipo de transtorno mental precisa de tratamento, seja psicoterápico ou medicamentoso, o que apenas um psiquiatra competente é capaz de indicar.




TAGS :

    transtornos, humor, ansiedade, alimentar, psicóticos, de personalidade

Joel Rennó Jr.

Dr. Joel Rennó Jr. MD, Ph.D. Professor do Departamento de Psiquiatria da FMUSP. Diretor do Programa de Saúde Mental da Mulher - Instituto de Psiquiatria da USP. Médico do Corpo Clínico do Hospital Israelita Albert Einstein- São Paulo. Coordenador da Comissão de Estudos e Pesquisa de Saúde Mental da Mulher da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). www.psiquiatriadamulher.com.br



ENQUETE

Você sente dificuldade de sair de um relacionamento abusivo?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.