DESTAQUES

Levar um fora: como superar?

Eduardo Yabusaki 01/10/2018 COMPORTAMENTO
Levar um fora: como superar?
Fonte: imagem Pixabay

Por Eduardo Yabusaki

Por mais que saibamos que, numa situação de conquista ou de envolvimento mais profundo, em um relacionamento, há a possibilidade de tudo evoluir da forma que queríamos ou não.  E nem sempre contamos com esta segunda possibilidade. Afinal, investimos para que tudo possa dar certo.

Assim, ouvir um não é sempre ouvir um não, ou seja, é desagradável e decepcionante. Talvez, não haja uma forma de levar um fora sem dor ou sofrimento.

Porém não devemos ter por base a possibilidade de ouvir um não para basear nossas ações e iniciativas de conquista ou de envolvimento. Mas sim, buscar um entendimento do que possa ter levado àquele não. Dessa forma a superação pode ser mais rápida e menos traumática.

Dicas para quem ouviu um: “não”:
    
1. Avalie que fatores podem ter influenciado, se condições manifestadas por você ou se possíveis circunstâncias que envolvam a outra pessoa, como indisponibilidade afetiva ou mesmo interesses desencontrados.

2. Reflita sobre sua iniciativa: como foi sua atitude, quais foram suas falas, sua forma de se expor, afetividade demonstrada; enfim tudo o que possa ter apresentado.

3. Pense que o dar certo não depende só de você, de manifestar o seu melhor, demonstrar todos os seus sentimentos, se expor intimamente... Isso tudo pode não ser o suficiente para a outra pessoa se envolver.

4. Se a pessoa de quem levou um fora for alguém que realmente te interessa ou acredita que valha a pena, não desista de imediato. Afinal, não sabemos o que possa estar acontecendo com a outra pessoa em seu íntimo. Portanto, por vezes pode ser importante persistir. Essas pode ser uma forma de conquista ou de convencimento.

5. Nem sempre um “não” representa o fim das possibilidades, pode ser o começo de uma argumentação que pode se transformar em um ‘SIM’.

6. Ao ouvir um não, apesar de difícil assimilação, leve em consideração que faz parte do processo de conhecimento do outro, do seu autoconhecimento e da socialização de uma forma geral. É preciso se expor para que conheça tudo e todos profundamente. Portanto, não pare ou desacredite que seja possível conhecer, conquistar e se envolver com alguém.

Paquere, conquiste, namore, apaixone-se, envolva-se e ame sempre! Viva com harmonia, tranquilidade, serenidade e seja feliz!




TAGS :

    levei, um fora, o que faço

Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br



ENQUETE

Qual candidato à Presidência terá mais condições de melhorar o índice da FIB (Felicidade Interna Bruta) e o do IDH (índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.