DESTAQUES

Conecte-se ao seu Ikigai

Elisandra Vilella G. Sé 23/11/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
Conecte-se ao seu Ikigai
Fonte: imagem Pixabay
Entenda este conceito que impulsiona os japoneses para uma vida longa, saudável e feliz

Por Elisandra Villela Gasparetto Sé

No Japão, a longevidade é bastante expressiva e ocorre de forma saudável. O número de centenários no Japão é de 24,55 para cada cem mil habitantes, muito superior à média mundial. Os motivos são muito estudados por vários gerontólogos de todo o mundo e muitos estudiosos acreditam que para além da alimentação, da vida simples ao ar livre, do chá verde e do clima, existam outras estratégias, conceitos ou filosofia que os japoneses escondem.

Em uma ilha no sul do Japão chamada Okinawa onde a longevidade é extraordinária, os japoneses são ativos e satisfeitos. Existem mais pessoas com idade superior a 100 anos por cada 100 mil habitantes do que em qualquer lugar do mundo. Além de viverem mais que o restante da população mundial, é menor o seu histórico de doenças crônicas. É conhecida como a ilha da juventude eterna.

Dois autores Hector Garcia e Francesc Miralles estudaram os moradores mais longevos desta pequena ilha e descobriram as práticas dos centenários. Estudaram como são seus hábitos, rotinas, alimentação, exercícios que praticam, seus ideais e propósitos de vida, como trabalham, como mantêm a vida espiritual, os relacionamentos e encontraram o IKIGAI, um conceito que impulsiona os japoneses para uma vida longa, saudável e feliz. A palavra Ikigai é uma junção de termos que significam “vida” e “valer a pena”. Podemos traduzir como sendo a “Razão de ser”. Segundo os japoneses, todo mundo possui um Ikigai, o Ikigai está escondido em nós e é necessário uma investigação paciente para chegar até o mais profundo do nosso ser e encontrá-lo. Na ilha de Okinawa, o Ikigai é a razão pela qual os japoneses se mobilizam para trabalhar e viver, é uma paixão, dá uma satisfação e significação à vida.

A primeira razão: mantenha se ativo e tenha um propósito de vida

A primeira razão muito importante, é manter-se ativo e ter um propósito de vida. Os japoneses desta ilha dificilmente se aposentam e mantêm-se ativos ate o fim da vida fazendo o que gostam. Segundo os Japoneses “Quem abandona as coisas que ama, perde o sentido de vida”.

A segunda razão: faça as coisas com calma  

A segunda razão está em fazer as coisas com calma, é o velho ditado “Devagar se vai ao longe”. Significa gerenciar bem o tempo para reduzir o estresse.

Manter a mente ativa e o corpo jovem e a mente flexível, sempre capaz de aprender coisas novas são fatores que impulsionam o individuo a manter a mente jovem. Não desenvolver rotinas muito rígidas, não fazer tudo no automático. É preciso confrontar o cérebro com mudanças para criar conexões cerebrais novas, sair da zona de conforto. Mesmo que uma tarefa que a pessoa realize pela primeira vez for difícil é preciso persistir.

É recomendado não comer até ficar cheio, não ficar saciado, obrigando o corpo a se desgastar e acelerando a oxidação celular com uma longa digestão. O segredo dos 80% significa que os nativos da ilha Okinawa param de comer quando sentem que seu estômago está 80% cheio. A dieta deles é rica em tofu, batata-doce, peixes e muitas verduras. Uma alimentação saudável e rica em antioxidantes. A variedade de alimentos é muito grande, sobretudo de origem vegetal. Os cereais são a base da dieta. E consomem pouco açúcar e pouco sal.

Uma tradição da ilha Okinawa é a formação de laços fortes de amizade. Manter as redes de relações, as amizades, um boa conversa, contar e ouvir histórias, viver em comunidade, como uma associação, uma família, é uma forma de sorrir e se divertir. Comemorar e celebrar a vida juntos aos amigos e familiares são essenciais para a felicidade. E a reciprocidade, a ajuda mútua, os sentimentos de pertencimento dão segurança ao indivíduo.

Viver em contato com a natureza também é muito importante, embora sejamos seres urbanos, vivemos em cidades, mas é preciso estar voltado para a natureza para nos recarregarmos; isso ajuda a relaxar. É muito importante que se tenha uma horta e plantas em casa; visite ambientes arborizados, bosques e parques. A comunhão e o respeito com a natureza proporciona uma purificação física e mental.

Os moradores de Okinawa vivem a vida a sorrir com os amigos, possuem uma amabilidade e atitudes positivas. Portanto: “Sorria, mesmo que seu coração esteja doendo, sorria mesmo que ele esteja partido...”, já dizia a música “Smile” de Chaplin que revela a elevada resiliência.

O caminhar e praticar a meditação ajuda a ficar em forma. A gratidão também é um aspecto importante para o alcance da longevidade. Dedique um momento do dia para agradecer as coisas que se possui: a vida, os momentos felizes; é importante ter consciência.  

E por fim ser resiliente. A resiliência é uma atitude que podemos cultivar para nos mantermos concentrados no que importa na vida e não no que é urgente, diz os autores que pesquisaram o Ikigai. É muito importante que não deixe que as emoções negativas tomem conta da mente. A resiliência ajuda a fazer escolhas sabendo otimizar os ganhos. A vida é cheia de vicissitudes positivas e negativas. As pessoas resilientes regem de modo peculiar cada uma delas. A resiliência tem pouco a ver com a personalidade do indivíduo, independe de nível social ou educacional, todos nós podemos desenvolver. Treinar a mente, o corpo e as emoções para sermos resilientes é fundamental para a longevidade com qualidade de vida. 




TAGS :

    Ikigai, significado, longevidade

Elisandra Vilella G. Sé

Fonaoudióloga pela Faculdade Tereza D'Ávila de Lorena (FATEA/USC) (1995), Mestre em Gerontologia pela Faculdade de Educação da UNICAMP (2003); Doutorado em Linguística - Área de Neurolinguística pelo Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP (2011); Especialista em Educação em Saúde para Preceptores do SUS pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês (2013); foi pesquisadora visitante na Associação Alzheiemr Portugal em Lisboa (2013); Coordenadora da ABRAZ - Associação Brasileira de Alzheimer - sub-regional Campinas e Jaguariúna.



ENQUETE

Você busca a tranquilidade ao acordar?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.