DESTAQUES

Por que trabalhar a arte com pessoas portadoras de deficiência

Redação Vya Estelar 08/01/2019 SAÚDE E BEM-ESTAR
Por que trabalhar a arte com pessoas portadoras de deficiência
Fonte: imagem Pixabay
Essas pessoas conseguem, por meio de diversas manifestações artísticas, alterar a relação com elas mesmas e com o entorno

Por Oscar D’Ambrosio

Trabalhar a arte com pessoas com variados tipos de deficiência é um processo que envolve numerosos aspectos, que vão desde o saber adquirido na academia pelos orientadores das atividades propostas, à sensibilidade individual desenvolvida por cada um no trabalho cotidiano. O maior desafio está em não haver fórmulas prontas.

O indivíduo que se beneficia da atividade artística, o profissional que orienta e o resultado final se articulam com grande complexidade. Qualquer resposta rápida é simplista e arriscada. Tampouco é possível argumentar que se trata do reino do imponderável, pois profissionais atuam na área com extrema competência e dedicação em busca de respostas.

Acima da importante discussão de métodos e abordagens, está o respeito ao ser humano. Esse ponto precisa ser crucial. Afinal, está se falando aqui de pessoas que conseguem, por meio de diversas manifestações artísticas, alterar a relação com elas mesmas e com o entorno.

É fato que a arte transforma e enriquece quem a pratica. E isso torna todos nós especiais. Partindo desse pressuposto, toda atividade visual ganha uma nova dimensão. O desenho, a escultura ou a fotografia passam a ser expressões pelas quais cada criador interpreta a si mesmo e o que está ao seu redor. E esse é o grande papel da arte.

Fonte: Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

 




TAGS :

    arte, comportamento, pessoas deficientes, vya estelar

Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Como você vem cultivando suas relações?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.