DESTAQUES

Cúrcuma reduz colesterol, triglicerídeos e risco cardiovascular

Tamara Mazaracki 05/03/2019 SAÚDE E BEM-ESTAR
Cúrcuma reduz colesterol, triglicerídeos e risco cardiovascular
Fonte: Google Imagens
Cúrcuma: uma superespeciaria antienvelhecimento

Por Tamara Mazaracki

A cúrcuma é usada há 4 mil anos na Medicina Ayurvedica e Medicina Tradicional Chinesa. Também conhecida como açafrão da terra ou turmérico, a cúrcuma apresenta diversas ações na fisiologia humana, com atividade anti-inflamatória, antioxidante, antiviral e imunoestimulante, incluindo efeitos protetores ou preventivos sobre câncer, diabetes, fígado, sistema nervoso e cardiovascular. A cúrcuma tem sido chamada de superespeciaria e há centenas de pesquisas comprovando a sua ação antienvelhecimento e promotora da saúde.  

Uma meta-análise de sete estudos de alto nível (randomizados e controlados) concluiu que a cúrcuma apresenta ação significativa na redução de colesterol LDL oxidado e de triglicerídeos, principalmente em pacientes com síndrome metabólica, caracterizada por obesidade, hipertensão, dislipidemia e resistência insulínica. Dislipidemia, um importante fator de risco cardiovascular, é o termo médico usado para definir colesterol, triglicerídeos e APO-B aumentados. APO-B mede o colesterol LDL oxidado, que gruda nas paredes dos vasos sanguíneos.

Além de proteger o coração, comer pelo menos um grama de cúrcuma por dia pode melhorar a memória recente em idosos. A cúrcuma é capaz de impedir a formação de compostos destrutivos (proteínas alfa-sinucleína) que estão presentes no cérebro em doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer. Há muita pesquisa sendo feita nesta área.

No entanto, a cúrcuma é pouco absorvida no intestino. Para melhorar a biodisponibilidade, acrescente uma generosa pitada de pimenta do reino, rica em piperina, um flavonoide que aumenta substancialmente a absorção da cúrcuma e também de outros nutrientes. Em humanos, a biodisponibilidade da cúrcuma aumenta 2.000% após 45 minutos da administração conjunta com piperina.

Se comprar a raiz de cúrcuma, use uma ou duas rodelas diárias no suco, no shake ou na preparação de pratos diversos. Use o tempero em pó à vontade, em sopas, pães, bolos, biscoitos, omeletes, tapiocas, e também em aves, carnes e cozidos, legumes, arroz, feijão etc. Esta especiaria vai bem com tudo. O importante é a regularidade: inclua a cúrcuma na sua rotina alimentar!


*Nutrients 2018. Bioactivity, Health Benefits, & Related Molecular Mechanisms of Curcumin: Current Progress, Challenges, & Perspectives.
*Nutrition Journal 2017. Efficacy and safety of turmeric and curcumin in lowering blood lipid levels in patients with cardiovascular risk factors: a meta-analysis of randomized controlled trials.

*Phytomedicine 2019. Effect of curcumin on memory impairment: A systematic review.
*Advances in Nutrition 2018. The Problem of Curcumin and Its Bioavailability: Could Its Gastrointestinal Influence Contribute to Its Overall Health-Enhancing Effects?




TAGS :

    cúrcuma, saúde, superespeciaria, antienvelhecimento

Tamara Mazaracki

Médica especializada em Nutrologia. Membro da ABRAN – Associação Brasileira de Nutrologia. Pós-graduada em Terapia Ortomolecular, Nutrição Celular e Longevidade – FACIS-IBEHE Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo e Centro de Ensino Superior de Homeopatia. Membro Titular da Sociedade Médica Brasileira de Intradermoterapia. Consultora com atuação em Nutrologia e Medicina Ortomolecular. CRM 52 301716 www.tamaramazaracki.med.br



ENQUETE

Como você vem cultivando suas relações?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.