DESTAQUES

O príncipe virou sapo às vésperas do casamento. O que eu faço?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Quem casa opta por conviver com o 'príncipe' e o 'sapo' ao mesmo tempo

por Anette Lewin

"Até uma semana antes do casamento ele era perfeito. Mas descobri uma traição que já acontecia há algum tempo. A nossa casa já estava reformada e estava tudo certo para o casamento. Agora não sei o que fazer. Devo dar uma chance para uma pessoa que me enganou tanto?"

Resposta: Será que existe alguém tão perfeito mesmo ou você optou por não olhar para o lado "sapo" do seu "príncipe encantado" até às vésperas do casamento?

De qualquer forma, o que você viu, está visto. Não é mais possível fazer de conta que a perfeição no sentido de fidelidade existe. Nem mesmo acreditar que ele nunca mais trairá. Seria varrer o "sapo" para debaixo do tapete.

Conviver com essa realidade só você pode decidir se quer. Muitas mulheres "perdoam" traições. Sim, entre aspas . Poucas "esquecem". Muitas se vingam traindo também para equilibrar a relação. Outras viram eternas mártires reclamando o tempo todo. Algumas somatizam adoecendo fisicamente; outras fazem o parceiro adoecer. E há aquelas, muito raras, que perdoam e esquecem: sem aspas!

O que tem de ser decidido, no fundo, é se você quer viver uma relação de casamento. Quem casa opta por conviver com o 'príncipe' e o 'sapo' ao mesmo tempo; opta por alegrias e decepções alternando-se longos períodos de estabilidade ou tédio. Escolhe compartilhar esses momentos sem questionar muito. E propõe-se a relevar muitas muitas vezes, mesmo pequenas, médias e grandes decepções.

Pergunte-se o que você espera de um casamento com essa pessoa que agora você vê como ela realmente é. Se, apesar de tudo, ainda conseguir enxergar-se construindo um futuro com ela, esqueça tudo o que ouviu dos outros e siga em frente. Dedicando-de, de preferência, ao que pode construir junto com ele hoje e amanhã. E deixando o ontem esfumaçar-se no tempo. Se porém, a ideia de traição não é compatível com o que você aguenta, não adianta insistir. Comece uma nova busca ou opte por ficar com a única pessoa que dificilmente poderá esconder algo de você: você mesma!

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.